PUBLICIDADE
Topo

Política

CPI: Carlos Bolsonaro diz que apresentou notícia-crime contra Renan e Aziz

Vereador Carlos Bolsonaro diz que apresentou notícia-crime contra relator e presidente da CPI da Covid; relatório final pediu indiciamento do vereador por incitação ao crime - Reprodução/Instagram
Vereador Carlos Bolsonaro diz que apresentou notícia-crime contra relator e presidente da CPI da Covid; relatório final pediu indiciamento do vereador por incitação ao crime Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

25/11/2021 09h26Atualizada em 25/11/2021 11h55

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) disse hoje que apresentou uma notícia-crime contra o relator e o presidente da CPI da Covid, os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Omar Aziz (PSD-AM). A CPI investigou ações e omissões do governo federal durante a pandemia e denunciou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por crimes contra a humanidade e de responsabilidade.

Os filhos de Bolsonaro, incluindo Carlos, também foram citados no relatório final da CPI. O relator Renan Calheiros pediu o indiciamento do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) e do vereador Carlos Bolsonaro por praticarem incitação ao crime.

Segundo Carlos Bolsonaro, a notícia-crime denuncia Renan e Aziz por "possíveis práticas de abuso de autoridade, vazamento de informação sigilosa, receptação e prevaricação".

Em publicação nas redes sociais, o vereador diz que a conduta dos senadores o atingiram e cita que médicos da linha de frente do combate ao coronavírus também foram prejudicados.

"CPIs não são tribunais de exceção e as possíveis transgressões não podem ficar impunes", afirmou o vereador Carlos Bolsonaro.

Política