PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Vereador de Fortaleza é preso suspeito de tentativa de feminicídio

Vereador Ronivaldo Maia (PT-CE) é investigado por atropelar a mulher, diz a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social - Câmara de Vereadores de Fortaleza
Vereador Ronivaldo Maia (PT-CE) é investigado por atropelar a mulher, diz a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social Imagem: Câmara de Vereadores de Fortaleza

Colaboração para o UOL, em Maceió

30/11/2021 13h18

O vereador de Fortaleza Ronivaldo Maia (PT), de 51 anos, foi preso em flagrante, na noite de ontem, suspeito de tentativa de feminicídio, no bairro Conjunto Ceará, na zona oeste de Fortaleza (CE). Segundo a SSPDS (Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social), o vereador é investigado por atropelar a mulher, de 36 anos, quando a vítima saiu do veículo após uma discussão.

A vítima foi socorrida por familiares. O nome do hospital em que ela está internada e o seu estado de saúde não foram informados. O caso ocorreu na tarde de ontem, mas Maia só foi preso em flagrante à noite, quando foi encontrado pela PM (Polícia Militar) em uma loja de conveniência de um posto de combustível localizado no mesmo bairro.

O nome do investigado do crime não foi divulgado pela SSPDS para preservar a identidade da vítima, mas a própria assessoria de imprensa do vereador confirmou a prisão por meio de nota.

PM acionada por populares

A SSPDS informou que a Ciosp (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança) foi acionada por populares para a PM atender uma ocorrência de agressão contra uma mulher.

Ao chegar ao local, os policiais ouviram testemunhas, que relataram ter visto um casal discutindo dentro de um veículo, em uma das ruas do Conjunto Ceará. Elas contaram que quando a mulher saiu do carro, o homem acelerou o veículo atropelando a vítima.

A equipe da PM saiu em busca da localização do suspeito de cometer o crime. "O homem foi localizado em um posto de combustível ainda no Conjunto Ceará", informou a SSPDS. O vereador, após ser preso, foi levado para a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Fortaleza.

"A equipe de policiais civis foi ao hospital para onde a vítima foi levada e realizou diligências para identificar testemunhas do fato. Diante do que foi apurado, o homem foi autuado em flagrante por tentativa de feminicídio", disse em nota a SSPDS.

Audiência de custódia

O vereador segue detido e deverá passar por audiência de custódia, em até 48 horas, para a Justiça definir se converte a prisão em flagrante em prisão preventiva ou se o investigado responderá pelo suposto crime em liberdade.

No texto enviado à imprensa na noite de ontem, a assessoria de Ronivaldo Maia informou que ainda apura "as circunstâncias da detenção" e aguarda "informações concretas sobre a situação, que serão repassadas pelos advogados que acompanham o caso." Os nomes dos advogados do vereador não foram informados.

A nota destaca que o vereador, "ao longo de sua trajetória, carrega em uma de suas principais bandeiras a defesa da mulher.""Lembramos que o parlamentar luta pelos direitos das mulheres, em especial as que sofrem violência doméstica. Tendo inclusive diversos projetos de lei nesse sentido."

O UOL tentou contato com a assessoria de imprensa do vereador, na manhã de hoje, por meio de ligações telefônicas e mensagens enviadas pelo WhatsApp e pelas redes sociais de Maia, para saber os nomes dos advogados dele e ainda se há um novo posicionamento, mas não obteve retorno até a publicação deste texto. O diretório estadual do PT informou que não vai se pronunciar sobre o caso.

Política