Alimentação

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/saude/album/2013/04/12/conheca-alguns-alimentos-que-deve-evitar-antes-do-sexo.htm
  • totalImagens: 14
  • fotoInicial: 8
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130412122141
    • Alimentação [12442]; Sexo [45596];
Fotos

Carne vermelha: costuma ter uma grande quantidade de gordura, o que faz o corpo concentrar suas energias na digestão. "Porém, se você optar por um pedaço de picanha grelhada, tirando a parte da gordura, não haverá problema. Agora, já a costela, por exemplo, é um corte mais gorduroso, melhor evitar", diz o nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho Julia Moraes/Folhapress Mais

Repolho: repolho e couve-flor são alimentos fermentativos, que contêm compostos de difícil digestão, desta forma, também podem causar gases. "São os alimentos sulforosos, que estimulam o intestino a funcionar. Evidentemente vai da sensibilidade de cada um, mas eu não indicaria seu consumo àqueles que irão fazer sexo em seguida", avisa o nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho Getty Images Mais

Bebidas alcoólicas: é fato que elas ajudam as pessoas a ficarem mais desinibidas. Porém, beber muito antes do sexo pode deixar a pessoa sonolenta. Para os homens, em caso de exagero, pode dificultar a ereção. "Se você tomar pouco, por exemplo, uma taça de vinho, meia cerveja, meio copo de caipirinha, será estimulado, ficará mais liberado sexualmente, mais aberto, feliz, alegre. Agora, se beber muito, vai ter sono, passará da fase do estímulo para a da depressão, diminuindo o desempenho. Resumindo, se comer e beber muito e for para a cama, será um fracasso", diz o nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho. A nutricionista Luciana Harfenist concorda, alertando que "a longo prazo, também terá interferência no acúmulo da gordura visceral, na circulação sanguínea e no metabolismo hepático" Thinkstock Mais

Queijos amarelos: muitas pessoas têm dificuldade em processar alimentos lácteos, isso porque a lactose neles presente exige muita energia do organismo para ser processada. Resultado: todo este esforço acaba deixando a pessoa com menos disposição. Pior ainda para quem está pensando em manter uma relação sexual: seu consumo pode causar a formação de gases, além de deixar o corpo inchado Shutterstock Mais

Bebidas gaseificadas: são ricos em sódio, grande vilão causador da retenção de líquido no corpo. "Recomendo tomar muito pouco, pois provocam distensão abdominal", afirma o nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho. Já a nutricionista Luciana Harfenist diz que não há nada científico que mostre que refrigerantes possam atrapalhar na hora do sexo. "A não ser pelo açúcar e as substancias químicas, mas nada que haja diretamente no desempenho sexual" Getty Images Mais

Cebola e alho: por conterem enxofre em sua composição, podem deixar o hálito com odor desagradável. O nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho vai além: "Não indico por causa do cheiro que exalam, não só no hálito, mas pelo suor também". A nutriconista Luciana Harfenist lembra que o alho pode ser indigesto para algumas pessoas, causando gases e eructação (os famosos arrotos): "Sintomas nada agradáveis para a hora do sexo" Thinkstock Mais

Frituras: segundo a nutricionista Luciana Harfenist, elas interferem na circulação sanguínea, no acúmulo de gordura visceral, diminuindo o apetite sexual ao aumentar as taxas de glicose e do colesterol, que interferem na disposição sexual. Além disso, a digestão das frituras acaba desviando por mais tempo o fluxo sanguíneo para a região do intestino, diminuindo, assim, a irrigação sanguínea da região genital. "No caso das mulheres, o excesso de gordura, má digestão e gases também terão interferências negativas no apetite sexual", alerta Jonathan Hayward/The Canadian Press/AP Mais

Feijão: "Alimentos como feijão e lentilha são de digestão lenta e possibilitam a formação de gases. Melhor comer bem pouco", ensina o nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho. A nutricionista Luciana Harfenist acrescenta que o feijão pode causar, para algumas pessoas, não só gases, mas azia e aquela sensação de barriga estufada. "Sintomas desagradáveis e prejudiciais para a prática sexual, já que nesse momento devemos nos sentir plenos com a nossa saúde" Photo5/Divulgação Mais

Soja e derivados: segundo a nutricionista Luciana Harfenist, a soja contém fitoestrógenos que podem interferir no metabolismo hormonal dos homens e, por fim, na saúde sexual. Pode causar ginecomastia (crescimento das mamas em homens) em adolescentes. "Melhor evitar o consumo exagerado", ensina ela Flávio Florido/Folhapress Mais

Farinha branca e refinados: liberam açúcar no sangue mais rapidamente que aqueles feitos com grãos integrais. "Aumentam o índice glicêmico e, assim, também aumentam a taxa de açúcar no sangue, o que faz baixar a energia do corpo", diz o nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho Eduardo Knapp/Folhapress Mais

Açúcar: "Faz parte dos carboidratos simples (calorias vazias). Assim, alimentos muito doces são digeridos mais rapidamente e elevam os níveis de glicose no sangue com rapidez, roubando a energia da pessoa, tudo o que ela não quer quando vai praticar sexo", diz o nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho. Com ele concorda a nutricionista Luciana Harfenist que lembra que níveis elevados de glicose no sangue desregulam o metabolismo e, a curto prazo, podem inibir os genes que controlam a quantidade de hormônios sexuais em homens e mulheres. Melhor evitar excesso de açúcar, em todas as suas formas, sempre! Graziela Ventura/Divulgação Mais

Batatas fritas: produtos industrializados em geral, como salgadinhos e biscoitos, contêm muita gordura trans, prejudicial à saúde, inclusive da pele, além disso, provoca aumento de peso. "Também possuem alto índice glicêmico. E, vamos falar sério, não é algo elegante para se comer antes do sexo", frisa o nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho Thinkstock Mais

Fast food: de um modo geral, são representados por alimentos com calorias vazias (calóricos e com poucos nutrientes), com altas doses de substâncias químicas estranhas ao nosso organismo que causam desequilíbrio hormonal, alteração do peso, má digestão e prisão de ventre. "Ou seja, tudo o que você não quer na hora do sexo", enfatiza a nutricionista Luciana Harfenist Shutterstock Mais

Bisfenol A: não se trata de alimento, mas onde eles são guardados e embalados. A nutricionista Luciana Harfenist lembra que o Bisfenol A (composto do plástico que é tóxico para os seres vivos) é fartamente encontrado nas embalagens de muitos produtos alimentares do nosso dia a dia: "Elemento chave na fabricação de policarbonato e resinas epóxi, ele está nos plásticos que envolvem os alimentos, nas mamadeiras infantis, garrafas d'água, e no revestimento de latas de alimentos e bebidas entre outros, e pode interferir no metabolismo hormonal" Marcelo Justo/Folha Imagem Mais

Conheça alguns alimentos que você deve evitar antes do sexo

Mais álbuns de Ciência e Saúde x

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE UOL SAÚDE

UOL Cursos Online

Todos os cursos