PUBLICIDADE
Topo

Notícias


Notícias

Você está "enfiando o pé na jaca"?

Thinkstock
Imagem: Thinkstock

Às vezes, é mesmo difícil saber o limite entre algumas escapadelas alimentares e o real e constante exagero na ingestão de itens que não são nada saudáveis. Você consegue identificar em qual situação se encaixa? Faça o teste e descubra:

  1. 112

    Em relação à saúde, que nota você daria para seu cardápio atual?

  2. 212

    Quando está com problemas sentimentais, financeiros ou profissionais, você consome mais itens não saudáveis?

  3. 312

    Comer uma caixa inteira de bombons, em vez de um ou dois; beber uma garrafa de bebida, ao invés de uma ou duas doses. Isso acontece com frequência?

  4. 412

    Você costuma descontar suas ansiedades e frustrações na comida?

  5. 812

    Depois das refeições, é comum sofrer com sensação de empachamento porque comeu demais?

  6. 1212

    Quais, dos grupos abaixo, estão mais presentes na sua alimentação?

  • Os dois pés

    Sua alimentação não tem sido das mais satisfatórias. Provavelmente, você já teve, ou corre grande risco de apresentar, problemas de saúde em decorrência disso. Dar escapadinhas eventuais do cardápio ideal não é grave, o problema é quando isso acontece sempre e se torna um hábito. Pense nisso e cogite a possibilidade de procurar ajuda especializada.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • Um dos pés

    Seu cardápio ainda está um pouco distante do ideal, pois não raro você enfia o pé na jaca na alimentação. Porém, parece ter consciência de que tal atitude não é benéfica para sua saúde e procura se controlar. Seria bom ler mais sobre menu saudável, pirâmide alimentar, o que não pode falar nas refeições diárias. Ou, então, buscar orientação com um bom nutricionista.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • Jaca só no prato

    Parabéns, você está no caminho certo. Além de, na maioria das vezes, fazer as escolhas adequadas, dificilmente dá aquelas derrapadas fatídicas em termos de alimentação. De qualquer forma, seria bom verificar, com um profissional gabaritado, se não está faltando nada no seu cardápio diário, alguma vitamina ou mineral essencial. Fazer exames de vez em quando também é recomendável.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • Gostou do resultado? Compartilhe!