PUBLICIDADE
Topo

Notícias


Notícias

Você está dando ao seu corpo a nutrição certa?

Para saber a quantas anda sua alimentação e, consequentemente, sua saúde, faça o teste a seguir e descubra se você está no caminho certo ou se precisa de ajuda em suas escolhas

  1. 110

    Quando monta um prato, você nunca se preocupa em seguir os preceitos da pirâmide alimentar: arroz, pães e massas na base; legumes e verduras logo depois; leite, carne e derivados na terceira etapa; e, no topo, comedidamente, óleos, gorduras, açúcares e doces.

  2. 210

    É comum você sentar em uma mesa de bar com os amigos e pedir uma saladinha.

  3. 310

    Quem come mal apresenta baixa imunidade, ficando mais exposto a infecções.

  4. 510

    Se o indivíduo não come direito e apresenta deficiência nutricional, basta apelar para os shakes ou pílulas como suplementação.

  5. 910

    Dos cinco dias da semana em que trabalha fora, você procura almoçar pelo menos três vezes em locais com opções variadas, como nos restaurantes a quilo.

  6. 1010

    Não são poucas as pessoas que falam que você come mal.

  • Noções

    Você parece ter noção de nutrição e alimentação saudável, e preocupa-se com isso no dia a dia. É fundamental que, diante de dúvidas, procure um profissional da área (endocrinologista, nutrólogo ou nutricionista). A juventude não dura para sempre, e ter esse cuidado desde cedo é meio caminho andado para um futuro melhor.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • Mudar hábitos

    Deficiência nutricional nunca foi um assunto de seu foco e interesse. Talvez porque você tenha a ilusão de que come de forma correta. Mas, ao que tudo indica, é urgente mudar e aprender muitos e novos conceitos. Alimentar-se mal um dia da semana é uma coisa, fazer disso um hábito é outra bem diferente. Leia a reportagem e veja em que deve mudar.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • No meio do caminho

    Você está, literalmente, no meio do caminho. Quer ser saudável e ter o resultado de tal dedicação na saúde e na estética. Entretanto, acaba caindo em tentações e colocando tudo a perder de vem em quando. Vale a pena procurar um bom profissional não só para instruí-lo como também para incentivá-lo. Ele pode, por exemplo, montar uma dieta suficientemente nutritiva para que se sinta bem provido no cotidiano.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • Gostou do resultado? Compartilhe!