Secretaria da Saúde em SP recomenda restrições de trabalho a gestantes

Do UOL Ciência e Saúde
Em São Paulo

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo decidiu recomendar restrições para grávidas que trabalham no Estado de São Paulo. A medida visa prevenir casos de infecção pelo vírus da gripe A H1N1, popularmente conhecida como gripe suína, entre as gestantes, que fazem parte do grupo de maior risco.

Dos 69 óbitos registrados pela nova gripe no Estado até o dia 7 de agosto, 13 foram de mulheres grávidas. A Secretaria ainda estuda o motivo pelo qual a mortalidade tem sido alta entre as gestantes, mas um dos possíveis fatores é a redução da imunidade entre essas pacientes, além de diminuição da capacidade pulmonar, especialmente nos três últimos meses de gestação.

Recomenda-se que hospitais e demais serviços de saúde, das redes pública e privada, efetuem a transferência temporária de funcionárias grávidas para outros setores, cujas atividades sejam de menor risco e onde não haja contato com pacientes portadores de síndrome gripal.

Do mesmo modo, os estabelecimentos de ensino (escolas, centros de educação infantil e creches, dentre outros) devem transferir temporariamente as gestantes para outros setores que não tenham presença de alunos gripados.

A Secretaria recomenda, ainda, que na impossibilidade de transferência, as instituições estudem alternativas legais de afastamento temporário das gestantes.

Outros estabelecimentos que possuem funcionárias gestantes também ficam orientados a adotar medidas para reduzir o risco de infecção pela gripe A H1N1, minimizando a exposição dessas mulheres a pessoas com quadros gripais e promovendo condições adequadas para a adoção de medidas preventivas, como higienização das mãos, limpeza e ventilação do ambiente, entre outras ações.

Outra recomendação da pasta é para que gestantes saudáveis evitem situações que facilitem a exposição ao vírus influenza, como o contato com pessoas doentes e aglomerações por tempo prolongado, dentre outras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos