Por que os óculos de sol baratos podem ser um péssimo negócio para a visão

Da BBC Mundo

  • Reinaldo Canato/UOL

Eles são muito baratos - às vezes custam apenas uma pequena fração do preço de um original. Mas os óculos falsificados e os que podem ser comprados em camelôs podem ser um péssimo negócio para a saúde ocular de quem os usa.

O Conselho Argentino de Oftalmologia alertou, recentemente, que esses óculos não apenas não protegem os olhos, como também podem prejudicá-los.

Os óculos escuros levam à dilatação da pupila, e, caso não tenham lentes com filtros para raios ultravioleta, deixam a visão mais exposta à radiação.

Segundo Ernesto Ferrer, ex-presidente e assessor do Comitê Executivo do Conselho Argentino de Oftalmologia, explicou à BBC Mundo, serviço em espanhol da BBC, basta "colocar as duas mãos em forma de concha sobre os olhos" para entender esse efeito.

"Ao abrir os olhos, a pessoa verá um espaço escuro parecido com que se vê quando se usa lentes fabricadas sem controle. Isso produz a dilatação das duas pupilas, o que produz uma maior penetração da luz ultravioleta no interior do olho", acrescentou.

Os raios ultravioleta afetam a pele e, logicamente, os olhos, produzindo desde uma irritação passageira a tumores malignos. No olho essa radiação afeta a conjuntiva, produzindo irritação e tumores, a córnea, o cristalino e até a retina.

Ernesto Ferrer, médico

Crianças

Ferrer alerta que crianças também precisam usar óculos de sol adequados para sua idade quando estão na praia, ao ar livre ou em locais expostos à radiação ultravioleta.

"Pessoas de todas as idades precisam se proteger da radiação, principalmente os mais sensíveis: crianças e pessoas mais velhas", disse o especialista.

Além disso, também é preciso levar em conta a cor das lentes - as dos óculos de sol para a neve são diferentes das usados para a areia, por exemplo, pois a radiação é diferente.

Grande parte dos raios UV são filtrados pela camada de ozônio da atmosfera. Por isso, os danos à camada afetam a intensidade da radiação que chega à superfície do planeta.

Os raios UV também são filtrados pelas outras camadas da atmosfera - logo a radiação aumenta conforme a altura em que a pessoa se encontra.

"A radiação no nível do mar não é a mesma aos 5 mil metros de altitude. E, além disso, se observa uma maior concentração à medida que nos aproximamos do equador", explicou Ferrer.

O médico afirmou que os "óculos de sol, mesmo que não tenham grau, devem ser comprados em uma ótica, pois estes são feitos especialmente com os filtros de raios UV adequados".

Para o especialista, o fundamental é pedir na ótica as garantias necessárias e exigir lentes de qualidade. Ele recomenda ainda que as pessoas se exponham o mínimo possível ao sol e também fiquem atentas aos índices de UV divulgados pela meteorologia além de usar protetores solares.

Medidas

A radiação é medida pelo seu comprimento de onda em nanômetros - um nanômetro (nm) é a milionésima parte de um milímetro.

A luz visível vai aproximadamente dos 400 aos 700 nm e a ultravioleta, dos 100 aos 400 nm.

Para que os óculos protejam os usuários dos tipos mais prejudiciais de radicação ultravioleta, as lentes devem ter constâncias de proteção UVB e UVC entre 290-320 nm, explica Ferrer.

"As pessoas não sabem o perigo que são as lentes vendidas na rua. Acreditam que estão fazendo um bom negócio, mas estão comprometendo gravemente a visão."

A radiação ultravioleta é parte do espectro eletromagnético emitido pelo Sol. Enquanto os raios UVC, com comprimentos de onda entre os 100-280 nm, são absorvidos pelo ozônio da atmosfera, a maior parte dos raios UVA (entre 315-400 nm) e cerca de 10% dos raios UVB (280-315 nm) chegam à superfície terrestre, afirma a Organização Mundial de Saúde.

Pequenas quantidades de UV são essenciais para a produção de vitamina D, mas a exposição excessiva pode causar problemas crônicos na pele, nos olhos e no sistema imunológico - o câncer está entre os riscos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos