Topo

Hospital que fez circuncisão por engano é condenado a pagar R$ 100 mil a paciente no Reino Unido

06/08/2019 17h55

Terry Brazier deveria ter injetado botox em sua bexiga quando foi fazer um tratamento no Leicester Royal Infirmary, um hospital do Serviço Nacional de Saúde da Inlgaterra.

Um homem que foi erroneamente circuncidado depois de ir ao hospital para fazer um procedimento rotineiro na bexiga recebeu uma indenização de 20 mil libras - o equivalente a R$ 96 mil.

Terry Brazier deveria ter botox injetado em sua bexiga quando foi fazer um tratamento no Leicester Royal Infirmary, um hospital do Serviço Nacional de Saúde da Inlgaterra, no verão passado.

No entanto, houve uma confusão e depois Brazier disse que ouviu um "desculpe, mas nós circuncidamos você".

O hospital disse que ficou "profundamente e sinceramente arrependido".

O homem de 70 anos disse após o procedimento que ficou esperando por duas horas até receber a notícia.

"O que mais eu poderia dizer? Fiquei chocado, não pude acreditar no que eles estavam me dizendo", disse ele.

'Evento grave'

O erro foi registrado como um "evento grave", "um incidente de segurança sério, evitável na maior parte das vezes e que não deve ocorrer se as medidas preventivas disponíveis forem implementadas".

Foi um dos oito erros cometidos pelos hospitais de Leicester em 2018, informou o Serviço Local de Relatórios sobre Democracia.

O homem, que tem dois netos, disse que decidiu entrar com uma ação na Justiça depois que os hospitais de Leicester admitiram em uma carta que as verificações necessárias não foram realizadas.

"Fizeram piadas, mas há um lado sério em tudo isso. Poderia ter sido ainda pior para alguém. Alguém poderia acabar tendo a parte do corpo errada amputada", disse Brazier.

"Isso não deveria ter acontecido e, mais importante, eu não quero que isso aconteça novamente. Você vai para o hospital e deposita sua confiança nessas pessoa. Você não espera que erros sejam cometidos, especialmente não um como este."

Andrew Furlong, diretor médico da Universidade de Hospitais de Leicester, disse: "Levamos muito a sério esse tipo de evento e realizamos uma investigação completa para garantir que a gente aprenda com esse incidente e faça tudo para evitar que isso aconteça novamente".

"Embora o dinheiro nunca possa desfazer o que aconteceu, esperamos que este pagamento forneça alguma compensação."


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=L78mLnTu-Rg

https://www.youtube.com/watch?v=8Wj_pkBuuns

https://www.youtube.com/watch?v=wfmVpigJh_s

Notícias