Itália tem diagnóstico de zika em pessoas que passaram pelo Brasil

A Itália registrou quatro casos de infecção por zika vírus em março de 2015 em pessoas procedentes do Brasil. Os pacientes se recuperaram totalmente após atendimento em unidades médicas de Roma e Florença, de acordo com informações divulgadas ontem em meios de comunicação do país.

Três infectados foram tratados na capital italiana no Hospital Lazzaro Spallanzani, especializado em doenças infecciosas. A quarta pessoa recebeu atendimento em Florença, distante cerca de 300 quilômetros. As unidades declararam que nenhum dos pacientes estava com gravidez em andamento.

Além da Itália, foram divulgados casos recentes de zika no Reino Unido, na Espanha, nos Estados Unidos (em Nova York) e em Israel, onde uma menina de 2 anos foi diagnosticada após ter passado pela Colômbia. Em El Salvador, autoridades de saúde pediram que as mulheres evitem engravidar até 2018.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos