Justiça de Ourinhos manda prender secretários por falta de canabidiol

A falta de canabidiol levou a novo pedido de prisão de autoridades no Estado de São Paulo. Em Ourinhos, no interior, a juíza Renata Ferreira dos Santos Carvalho, da Vara da Infância e Juventude, mandou prefeitura e governo do Estado fornecerem o medicamento, feito à base de uma substância presente na maconha, até a quarta-feira, 13. Caso a decisão seja descumprida, está prevista a prisão do secretário municipal de Saúde, André Luís Camargo Mello, e do secretário estadual, David Uip.

A decisão vale para a família de Miguel Costa, de 12 anos, que sofre de epilepsia, precisa do medicamento e tem decisão favorável na Justiça. A Secretaria de Saúde de Ourinhos informou que a pasta estadual entrou em contato ontem e esclareceu que o medicamento será entregue na quarta-feira.

Na semana passada, o Ministério Público Federal de Marília (SP) pediu a prisão de Uip e do ministro da Saúde, Marcelo Castro, pelo mesmo motivo.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos