Decreto determina à FAB manter avião para transportar órgãos para transplante

Brasília - O Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 7, traz publicado o Decreto 8.783/2016, que determina à Força Aérea Brasileira (FAB) que mantenha sempre em solo uma aeronave disponível para solicitações do Ministério da Saúde para o transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para transplantes e tratamento ou ainda de pacientes que precisem desse tipo de procedimento. A decisão foi anunciada ontem pelo presidente em exercício, Michel Temer, em declaração à imprensa.

Reportagem publicada esta semana pelo jornal O Globo mostra que havia falta de aeronaves da FAB para o transporte de órgãos e tecidos para transplantes. De acordo com o jornal, entre 2013 e 2015, a Aeronáutica deixou de garantir o transporte de 153 órgãos. Nos mesmos dias, a Força Aérea teria atendido a 716 pedidos de voos para ministros e presidentes dos Três Poderes.

Temer classificou os números como "significativos e preocupantes". "Não haverá mais a partir de agora essa deficiência. Saúde é vida e precisamos estar atentos a esse fato que pode parecer de menor relevância, mas tem uma relevância extraordinária", disse.

Luci Ribeiro

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos