Médicos residentes decidem entrar em greve

São Paulo - Os médicos residentes de São Paulo decidiram nesta quinta-feira, 3, durante manifestação na Avenida Paulista, que vão paralisar as atividades a partir do dia 10.

A Associação dos Médicos Residentes de São Paulo afirmou que 13 mil residentes vão entrar em greve porque a Secretaria de Estado de Saúde não concedeu o reajuste de 11,9%, previsto para março deste ano, no valor da bolsa para 6.600 residentes.

A secretaria informou que vai buscar o reajuste com os Ministérios da Saúde e da Educação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos