Ministro inaugura centro de produção de insumos e medicamentos na Fiocruz

Rio - O ministro da Saúde, Ricardo Barros, inaugurou nesta sexta-feira, 9, um centro de produção de insumos e medicamentos biológicos, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo ministro, o novo centro vai contribuir para uma economia de 30% dos R$ 8 bilhões gastos por ano na compra desses medicamentos.

Barros também afirmou que os novos equipamentos também vão reduzir em 5% ao ano o custo dos medicamentos. A unidade, que faz parte do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, atuará na produção de insumos estratégicos para o SUS, como vacinas, soros e testes.

"É uma obra ousada, mas faz parte de um toldo que sustenta o funcionamento e a busca dos objetivos que aqui se estabelecessem. Há necessidade de estruturar a fundação para que ela produza retornos", afirmou, durante o seu discurso. "Saúde não tem preço, mas tem custo. Então, temos que fazer uma gestão austera e corajosa", disse.

O ministro foi recebido na porta da instituição por cerca de vinte manifestantes que disseram ser funcionários e estudantes da Fiocruz. Marcela Alves, estudante da escola de saúde pública, disse que não reconhecia o ministro " de um governo ilegítimo que quer acabar com o SUS em prol dos planos de saúde".

Constança Rezende

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos