febre amarela; Rio; vacina; falta

Sem doses da vacina suficientes para dar conta do súbito aumento da demanda, postos de saúde do Rio já exigem comprovantes de viagem para Minas para quem quer ser vacinado. Só em janeiro, 17 mil doses foram aplicadas, enquanto a média mensal é de 5 mil. Clínicas particulares também estão sem o imunizante, mesmo cobrando mais de R$ 200 a dose. A prefeitura diz não ter feito a indicação.

O governo estadual informou que deu início à entrega de 350 mil doses da vacina, na terça-feira, 24, para prefeituras. A prefeitura do Rio disse que está recebendo do Ministério da Saúde nova remessa, mas "somente as pessoas com indicação devem se vacinar". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Constança Rezende

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos