Agência dos EUA emite alerta a viajantes sobre febre amarela no Brasil

São Paulo - O Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) emitiu um alerta na quarta-feira, dia 1º, para os cidadãos americanos em relação ao surto de febre amarela no Brasil.
O alerta de nível 2, escala intermediária de "precauções avançadas", não sugere o cancelamento de viagens, mas indica que americanos interessados em viajar para o Brasil devem buscar vacinação.

No texto, a agência de saúde americana destaca que o surto teve início em dezembro de 2016 e afeta principalmente áreas rurais. Informa também que a maioria dos casos foi registrada em Minas Gerais e que alguns resultaram em morte.

O alerta aponta que qualquer pessoa com 9 meses ou mais que viaje para áreas com risco de contaminação deve ser vacinada. "As pessoas que nunca foram vacinadas contra a febre amarela não devem viajar para áreas com surtos em curso", informa a agência.

Segundo a recomendação do CDC, uma dose de reforço pode ser dada aos viajantes que receberam a última dose da vacina há mais de 10 anos e que tenham como destino áreas de "alto risco" e "áreas com surtos em curso", como Minas Gerais, Espírito Santo e partes dos estados da Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro.

A página oferece a lista de municípios em que a vacinação contra a febre amarela é recomendada para os viajantes. Indica ainda um link para o site do Ministério da Saúde, com listagem de outras cidades brasileiras nas quais a prevenção continua a ser recomendada.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos