Escola federal de MG suspende aulas após morte de micos em Belo Horizonte

Belo Horizonte - O câmpus 2 do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG), na zona oeste de Belo Horizonte, foi fechado nesta quinta-feira, 9, para aplicação de fumacê, depois que dois micos foram encontrados mortos próximo à mata da escola. Para um dos animais houve confirmação de febre amarela.

É o segundo caso de primata morto pela doença na cidade. O primeiro óbito foi em Venda Nova, na zona norte da capital. Segundo a prefeitura, equipes de controle de zoonose realizaram "ações de pente fino - vistorias minuciosas para identificação e eliminação de criadouros e focos de mosquito Aedes aegypti na região onde o animal foi encontrado", além da aplicação de fumacê.

Na terça-feira, 7, foi realizado controle de cartões de vacinação de moradores da região. Foi realizada imunização para quem não estava com os registros em dia. Houve vacinação também para alunos e professores da escola. Em comunicado, o Cefet afirma que as aulas serão retiradas ainda nesta quinta-feira, no turno da noite.

Desde o início do surto de febre amarela em Minas Gerais, em janeiro, não houve ocorrência da doença em Belo Horizonte. Uma pessoa morreu na cidade vítima da enfermidade, mas a contaminação ocorreu em Esmeraldas, na região metropolitana, segundo informações da Secretaria de Saúde.

Leonardo Augusto, especial para a AE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos