Comissão aprova projeto que dá um ano de estabilidade ao segurado com câncer

Brasília - A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou projeto de lei que garante a permanência no emprego por no mínimo um ano ao segurado da Previdência Social com câncer que receber auxílio-doença. O projeto, de autoria do senador Eduardo Amorim (PSC-SE), foi aprovado por unanimidade na comissão e deverá seguir para análise na Câmara.

No parecer sobre o assunto, o relator, senador Paulo Paim (PT-RS), destaca que a dispensa pode causar sérios transtornos ao trabalhador e até levá-lo a um quadro de depressão profunda. "Este projeto corrige, portanto, grave lacuna de nossa legislação trabalhista."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos