Estado do Rio registra 15 casos de febre amarela, com 7 mortes

Rio de Janeiro - O Estado do Rio de Janeiro já registra sete mortos por febre amarela. As duas mortes mais recentes ocorreram em Teresópolis e Nova Friburgo, na Região Serrana, segundo boletim divulgado nesta segunda-feira, 22, pela Secretaria de Estado de Saúde. Ao todo, já ocorreram 15 casos no Estado do Rio.

O maior número de ocorrências foi em Valença, município do sul fluminense: nove pessoas infectadas, três das quais morreram. Em Teresópolis, ocorreram três casos, com duas mortes. Nova Friburgo teve um caso, e a vítima morreu. Os outros dois casos ocorreram em Petrópolis, também na Região Serrana, e em Miguel Pereira, na região centro-sul.

Um macaco que morreu por causa da febre amarela foi encontrado em Niterói, na região metropolitana.

Sangue por vacina

O Hemorio iniciou nesta segunda-feira a campanha contra a febre amarela. Os candidatos à doação de sangue receberão uma dose da vacina. A campanha vai até sexta-feira, 27. Serão oferecidas 400 doses da vacina por dia, segundo informou a assessoria.

Quem se vacina e quer doar sangue tem que esperar até quatro semanas. Para evitar o problema, o Hemorio coleta o sangue dos doadores e, somente depois, aplica a vacina. A estratégia para estimular a doação de sangue já foi usada no ano passado.

Fábio Grellet

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos