Topo

Por Mais Médicos, registro de recém-formados quase dobra em São Paulo

Moacyr Lopes Junior/ Folhapress
Medicos cubanos estão deixando o programa depois que o governo e Cuba anunciou sua retirada Imagem: Moacyr Lopes Junior/ Folhapress

03/12/2018 13h02

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) emitiu em novembro deste ano 1.941 registros de profissionais a recém-formados, quase o dobro na comparação com o mesmo período de 2017, quando foram 1.053. Em novembro de 2016 foram 876 registros. Do dia 1º até 21 foram emitidos 531 registros e em oito dias, entre 22 e 30 de novembro, 1.410.

Com a ampliação do prazo de inscrição dos interessados no Programa Mais Médicos até o dia 7, o Cremesp estendeu os trabalhos de emissão dos registros de profissionais a recém-formados até quinta-feira, dia 6.

Leia também:

Segundo o órgão, por causa do programa federal, os registros estão sendo gerados pelo Cremesp em 24 horas. O pedido pode ser realizado no edifício sede, na capital paulista, e também nas 36 delegacias regionais espalhadas pelo Estado. Aqueles que declararem, no ato da solicitação do CRM, interesse em participar do Mais Médicos receberão atendimento prioritário.