Bem-estar

Especialista ensina exercício que ajuda a dominar o estresse

Do UOL

Em São Paulo

  • Getty Images

    Cada vez mais, as pessoas tendem a sentir os efeitos do estresse de forma crônica, e não mais em épocas específicas do ano, como antes do Natal e das férias

    Cada vez mais, as pessoas tendem a sentir os efeitos do estresse de forma crônica, e não mais em épocas específicas do ano, como antes do Natal e das férias

O ano mal começou e você já está cansado, com dores no corpo e problemas de concentração? Não se assuste. O estresse deixou de ser um problema limitado a certas épocas do ano, como antes do Natal ou das férias. Cada vez mais, as pessoas tendem a sentir os efeitos do excesso de tensão de forma crônica. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o estresse já afeta 90% da população e, por isso, é considerado uma epidemia global.

"As pessoas estão sempre tentando justificar seu mal-estar - ou é porque o ano está no fim, ou é porque está começando", comenta o médico clínico Fábio Gabas, especialista em medicina integrativa. "Todo estímulo do dia a dia é um estresse para o corpo. O que determina se ele será positivo ou negativo é o limiar de adaptação de cada um."

"Para para alguém que está com bom condicionamento físico, uma corrida de dez quilômetros é algo que faz bem. Para um maratonista profissional, não traz benefício algum. E para um idoso infartado, é algo que pode levar à morte", explica Gabas, que é sócio da Heartmetrix, empresa de gerenciamento de estresse, e promove palestras em empresas. 

Gabas defende que não adianta tentar diminuir os estímulos externos para se livrar do estresse. "Largar tudo e ir morar na praia não é algo real para a maioria das pessoas", comenta. O que é preciso, segundo ele, é aumentar o limiar de adaptação e, assim, fazer do estresse um aliado. "Quanto maior o equilíbrio interior, mais protegida a pessoa estará."

Pilares

Qual o caminho das pedras? Para o médico, existem três pilares que precisam ser trabalhados: a fisiologia (cuidar da saúde, atacando o sedentarismo e eventuais desequilíbrios nutricionais e hormonais); as crenças (a forma de enxergar o mundo, que segundo ele pode ser trabalhada com técnicas que estimulam emoções positivas); e, por último, a coerência cardíaca (técnica que ajuda a gerenciar o estresse).

Para compreender o que é coerência cardíaca, é preciso mencionar o sistema nervoso autônomo - aquele responsável por funções como os batimentos cardíacos, a digestão, a temperatura e a produção de hormônios. É por ele que o nosso corpo se ajusta ao ambiente e, portanto, tem tudo a ver com o estresse.

Com determinados equipamentos, especialistas conseguem avaliar a variabilidade da frequência cardíaca, ou seja, a variação de tempo entre uma batida e outra do coração - um indicador importante sobre como o corpo tem reagido aos estímulos externos. E, a partir de exercícios de respiração e mentalizações, explica Gabas, é possível colocar nosso coração em um "padrão coerente", ou seja, equilibrado, o que acaba modificando também nosso padrão emocional. 

Gabas explica que o exercício de coerência cardíaca ajuda a aumentar a resiliência, ou seja, a capacidade de recuperar o equilíbrio diante de uma situação estressante. Ele pode ser feito a qualquer hora do dia, em um local tranquilo. Segundo o médico, é útil especialmente antes de uma reunião ou evento importante. Os benefícios, porém, só são sentidos com algum tempo de prática. 

Empresa

Isabela Nassif, superintendente comercial da Micelli (empresa que oferece soluções em medicina ocupacional), conta que requisitou Gabas para um trabalho de três meses com os funcionários, em uma fase de reestruturação. Gente de todos os níveis participou e, no fim do período, a maioria relatou melhora em itens como concentração, qualidade do sono, humor, capacidade de relaxar e criatividade.

"Houve uma mudança no clima, no trato interpessoal, e a equipe conseguiu bater as metas", conta a funcionária, que credita os resultados ao programa. Segundo ela, os conceitos foram incorporados e, até hoje, os funcionários fazem pausas para os exercícios de coerência cardíaca. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos