PUBLICIDADE
Topo

Estado norte-americano proíbe composto bactericida que baixa hormônios

Do UOL, em São Paulo

08/06/2014 06h00

O composto bactericida Triclosan, que tem sido ingrediente chave na composição de sabonetes, detergentes, desodorantes e cremes dentais durante décadas, pode ser perigoso para a saúde das pessoas.

Estudos recentes têm demonstrado que o composto é capaz de provocar distúrbios hormonais, baixando os níveis de testosterona e do hormônio da tireoide, além de causar alergias. Além disso, uma pesquisa recente da Universidade de Minnesota, no Estados Unidos, mostrou que o triclosan é encontrado em sentimentos de lagos.

Estado norte-americano de Minnesota aprovou essa semana  uma lei que proíbe a fabricação e venda de produtos de limpeza que tenham na sua composição química o composto. 

Os cientistas temem, ainda, que a prevalência do produto químico no ambiente poderia resultar na evolução de bactérias resistentes, fazendo com que a ação de sabonetes e outros produtos de limpeza sejam menos eficazes em hospitais, onde são realmente necessários.

A substância tem a capacidade de matar bactérias porque desativa uma enzima usada na síntese de ácidos graxos. O produto era considerado seguro para uso humano porque não afeta as enzimas humanas.

No Brasil, o sabonete Protex, da Colgate-Palmolive Company, trazia em sua composição o Triclosan. Segundo a sua assessoria de imprensa, o composto retirado do produto há três anos.