PUBLICIDADE
Topo

Tomar água de ponta cabeça resolve o soluço? E susto? Veja mitos e verdades

Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Fabiana Marchezi

Colaboração para o UOL

17/09/2015 06h00

Quem nunca foi surpreendido por uma crise de soluço? E quem nunca tentou algumas simpatias para solucionar o problema? O fato é que o “hic, hic” chato às vezes demora para passar e dependendo da ocasião traz um certo constrangimento.

As crises de soluço podem ter vários motivos. Entre eles, comer rápido e em grande quantidade, tomar refrigerante, engolir ar, mudanças bruscas de temperatura, tabagismo, álcool, ansiedade e estresse. O soluço é provocado por um espasmo - movimento involuntário - do diafragma, um músculo que separa o tórax do abdômen e está diretamente relacionado com a respiração. Esse espasmo é acompanhado simultaneamente pelo fechamento da glote, o que prejudica a passagem de ar para os pulmões e produz o som típico e característico do soluço.

Bebês, desde a barriga das mães, estão sujeitos a crises mais frequentes de soluço porque têm um sistema nervoso imaturo e que não atua adequadamente sobre o diafragma. Existem dois tipos de soluço, os episódicos e os persistentes. “Os episódicos são normalmente benignos e acabam cessando sem qualquer manobra. Já os persistentes podem estar associados a alterações anatômicas e, quando duram mais de 24h, necessitam de avaliação médica”, explicou o professor de Gastroenterologia da PUC-Campinas Hercio Cunha.

Quadros de soluço crônicos podem estar associados a patologias do esôfago, estômago e pulmões. Entre elas estão quadros de gastrite, esofagite e algumas mais complexas e raras como quadros neoplasias do estômago ou esôfago e ainda quadros metabólicos ou alterações neurológicas diversas. Por isso, caso o soluço demore a passar, os especialistas recomendam que a pessoa busque ajuda médica.

O UOL consultou especialistas para saber o que realmente funciona contra o soluço. Confira:

Mitos e verdades sobre soluço

  • Ivan Sekretarev/AP

    Beber água de ponta cabeça faz a crise de soluço parar?

    Parcialmente verdade. Beber água pode ajudar o soluço passar porque a água, principalmente gelada, pode ter interação com o sistema nervoso, porém, não há sentido em tomá-la de ponta cabeça. Isso pode até causar o engasgo e aspiração da água para dentro dos pulmões

  • Roberto Setton/UOL

    Prender a respiração por um minuto dá resultado?

    Verdade. Prender a respiração por alguns segundos pode fazer com que o soluço pare, pois isso aumenta a concentração de CO2 no sangue e isso ajuda a "regular" os movimentos do diafragma. ?Sem contar o efeito mecânico que a expansão do tórax causa no diafragma e em suas estruturas adjacentes que também podem ajudar?, explica o gastroenterologista Diego Gutierrez

  • Getty Images

    Tomar sete goles de água ajuda? Por quê?

    Parcialmente verdade. Independente de serem 7 ou 70 goles, tomar água pode resolver o soluço, caso a crise esteja ligada à distensão ou irritação do estômago ou a algum fator irritativo no esôfago, como ocorre no refluxo gastroesofágico

  • iStock

    Levar um susto acaba com o soluço? Por quê?

    Parcialmente verdade. O susto geralmente faz com que prendamos a respiração e forcemos o abdome. Este movimento aumenta a pressão intra-abdominal e intratorácica, causando uma distensão aguda do diafragma e "regulando" seu funcionamento

  • Fernando Nascimento/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo

    O frio pode causar soluço?

    Verdade. O frio pode causar soluço, uma vez que pode hiperestimular a inervação do diafragma

  • Tom Szczerbowski-USA TODAY Sports

    Pressionar os joelhos dobrados contra o peito ajuda?

    Verdade. Essa manobra pode ajudar a aliviar a pressão dentro do estômago, causando a eructação (o popular arroto) e consequentemente fazer o soluço cessar, caso a crise seja causada por distensão gasosa no estômago.

  • Thinkstock

    Tentar provocar vômitos, a fim de aliviar a pressão dentro do estômago, funciona?

    Verdade. O vômito e arrotos aliviam a pressão dentro do estômago e isso faz com que o soluço passe. ?A inervação do diafragma corre paralela ao esôfago e o diafragma está em íntimo contato com o estômago, sendo assim, irritações no estômago ou esôfago podem estimular o início do soluço?, afirma Gutierrez

  • Getty Images

    Puxar a orelha bem forte faz o soluço parar?

    Mito. Não há nenhuma relação

  • Getty Images

    Engolir açúcar, miolo de pão ou gelo moído funcionam contra as crises? Por quê?

    Verdade. Mudar a sensação térmica ou do paladar pode interagir com o sistema nervoso, causando alterações no diafragma

  • Getty Images

    Grávidas têm mais soluço? Por quê?

    Verdade. O aumento da pressão intra-abdominal causado pela gestação pode pressionar o diafragma