Conheça a doença que levou o bebê de Rafa Brites e Andreoli para a UTI

Fernando Cymbaluk

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    VSR pode ter consequências graves em bebês prematuros ou que tenham doenças pulmonares ou cardíacas

    VSR pode ter consequências graves em bebês prematuros ou que tenham doenças pulmonares ou cardíacas

Pais de bebês recém-nascidos precisam tomar cuidado para não expor os pequeninos a doenças transmitidas pela tosse, espirro ou contato com pessoas resfriadas. Um desses males é o vírus sincicial respiratório (VSR). Ele costuma se manifestar apenas como um leve resfriado na maioria dos bebês. Mas quando a criança é prematura ou possui alguma doença pulmonar ou cardíaca, as consequências podem ser internação na UTI por vários dias ou até a morte.

O filho dos apresentadores Felipe Andreoli e Rafa Brites teve uma bronquiolite em consequência da infecção pelo VSR. "É uma inflamação dos brônquios, que causa cansaço, dificuldade respiratória, tosse e falta de ar", explica Renato Kfouri, médico e diretor da Sociedade Brasileira de Pediatria e da Sociedade Brasileira de Imunizações. Quando o VSR provoca a bronquiolite, a taxa de mortalidade alcança 4%.

Segundo uma postagem feita por Rafa Brites no Instagram, seu bebê ficou internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por seis dias. Ele voltou para casa na quarta-feira (22).

De acordo com Kfouri, nestes casos graves, os bebês podem ter de ficar até 10 dias em incubadoras na UTI. Não existe remédio que combata o vírus. O tratamento feito é de suporte, com hidratação, nutrição e fisioterapia, para que o próprio organismo da criança combata o vírus - o que acontece ao longo de até duas semanas.

O que pode ser dado é um imunizante. Não se trata de uma vacina, mas de uma substância com anticorpos artificiais que combatem o vírus caso ele entre no organismo do bebê. No entanto, segundo Kfouri, uma estratégia pensada pelos especialistas para o futuro é vacinar as gestantes como forma de proteção indireta o bebê - o que já ocorre com vacinas contra gripe e coqueluche.

O VSR circula durante o ano inteiro, mas é preponderante em algumas estações do ano. Ele aparece mais precocemente nas regiões Norte e Nordeste, entre janeiro a maio. Já nas regiões Sul e Sudeste e Centro-Oeste, a temporada de maior circulação do vírus se dá no outono e inverno, entre março e julho.

Imunizante é oferecido gratuitamente pelo SUS

"O imunizante precisa ser utilizado por bebês vulneráveis, eles não devem deixar de tomar", diz Kfouri. A substância deve ser dada a todo bebê prematuro nascido com até 28 semanas de gestação, durante o primeiro ano de vida, para bebês com displasia broncopulmonar e cardiopatias congênitas, até os dois anos de idade.

O imunizante é oferecido de forma gratuita pelo SUS (Sistema Único de Saúde) desde 2012, e deve ser prescrito pelo médico nos casos em que é recomendado. O período de imunização varia de acordo com a época de maior circulação do vírus, e cada Estado pode ter uma forma diferente de fornecer o medicamento.

Pessoas resfriadas é que transmitem o vírus para bebês

A maioria dos bebês pega o VSR nos primeiros anos de vida. Contudo, o vírus não causa imunidade de longo prazo. Por isso, existem chances de novas infecções com o passar dos anos. E o que pode ser um pequeno resfriado para jovens e adultos, é uma grande ameaça para os bebês que precisam de mais cuidados.

Adolescentes e adultos são as principais fontes de contaminação do bebê. Quem infecta é o irmão mais velho que visita no hospital, o adulto que chega com resfriado em casa" Kfouri

O vírus é transmitido pelo ar, pela tosse e espirro, e mais frequentemente por meio de objetos. "É quando a pessoa espirra, não lava a mão e encosta em superfícies", diz o médico. Profissionais de saúde também precisam tomar cuidado para não contaminar materiais como canetas, pias, torneiras, estetoscópio. O vírus sobrevive por cerca de uma hora no ambiente.

Quais cuidados tomar?

Quem visita ou entra em contato com bebês recém-nascidos prematuros ou com alguma outra vulnerabilidade, deve sempre lembrar de lavar as mãos com frequência e usar lenços descartáveis em caso de tosse e coriza.

A casa onde o bebê mora deve ser mantida sempre arejada, e as superfícies dos objetos devem ser limpas. Os pais precisam evitar expor a criança a ambientes fechados, com aglomeração de pessoas e com fumaça de cigarro.

Rafa Brites compartilhou no Instagram relato sobre internação do filho por VSR

 

Ver meu galeguinho de 1 mês e pouco internado na uti durante 6 dias numa encubadora assim foi o maior desafio que já passei em toda a minha vida. Achei que meu leite ia secar de tanta lágrima que derramei. Desde que ele nasceu veio direto pro meu colo e dali não saiu. Eu tava tipo leoa. Na maternidade, nem pro berçário deixei levarem pq queria fazer tudo sozinha! Mas a vida é assim, ela rí de nós quando fazemos planos muito severos. Nessa quase uma semana na Uti Neo Natal da Casa de Saúde São José ele foi cuidado por MUITAS pessoas. Cada plantão chegava alguém novo. Uma enfermeira mais fofa que a outra. Cada médica(o) mais dedicada que a outra. Fisioterapeutas o fazendo ficar cada vez melhor. A mim só cabia amamentar. Entreguei ele nas mãos desses profissionais. Fiquei segura. Fiquei calma. E acima de tudo GRATA. Do fundo do meu coração obrigada a toda da administração do São José que aliviou nossa dor. A Tininha e toda equipe que quando eu via até música estavam cantando pra ele. (Gabi). Dra Renata Lerner não tenho palavras pra agradecer vc... Na verdade obrigada a todos os profissionais da área da saúde. Dedicam suas vidas. Não tem hora. Não tem dia. Deixam suas famílias para cuidarem das nossas. (Nem sempre são compensados financeiramente como mereceriam...) Estamos em casa. E apesar de todo o sofrimento desses dias vou sentir saudades de vocês. Cuidaram dele, do Felipe e de mim. PS: atenção papais redobrem o cuidado nessa época do ano VSR vírus sincicial respiratório. Álcool em gel em tudo. Máscara em quem estiver com algum sintomas. Evitar lugares fechados. Vale darem um Google para se informarem melhor.

Uma publicação compartilhada por Rafa Brites (@rafabrites)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

em

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos