Cientistas acharam uma forma de evitar o ganho de peso depois da menopausa

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Pesquisadores encontraram uma maneira de evitar o aumento de peso em mulheres após a menopausa. A descoberta, publicada nesta quarta na revista Nature, envolve um anticorpo que foi testado com eficácia em um rato como modelo de menopausa.

O anticorpo foi capaz de aumentar o ganho de massa óssea e reduzir a gordura corporal. Isso resolveria dois problemas femininos de uma vez só, já que a menopausa pode trazer osteoporose e ganho de peso, levando à obesidade.

A equipe de cientistas liderada por Mone Zaidi, da Icahn Escola de Medicina de Nova York, mostrou como tratamento com um anticorpo contra parte de um hormônio conseguiu aumentar o ganho de massa óssea e reduzir a adiposidade em ratos que tiveram seus ovários removidos.

O tratamento com anticorpo também reduziu a adiposidade em ratos normais que eram alimentados com uma dieta altamente gordurosa. Os animais tratados dessa maneira tiveram aumento em seu consumo de oxigênio, na sua atividade física e na termogênese (produção de calor) a partir de gordura marrom e branca. 

Tratamentos atuais contra a obesidade, que têm a tendência de reduzir apetite ou bloquear absorções de nutrientes, têm eficácia limitada e causam efeitos adversos.

Os autores do estudo sugerem que uma versão para humanos do teste pode ser de uso potencial em outras condições envolvendo adiposidade visceral, como síndrome metabólica, doença cardiovascular, câncer, diabetes e doença do ovário policístico.

Contudo, serão necessárias mais pesquisas para determinar se os resultados obtidos com ratos podem se repetir com humanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos