Alimentação

Pão integral é mais saudável que pão branco? Resposta não é tão simples

Do UOL, em São Paulo

  • iStock

Há uma espécie de consenso entre as pessoas de que o pão integral é mais saudável que o pão branco de trigo. Surpreendentemente, um grupo de pesquisadores israelenses descobriu que não é bem assim. O efeito de cada tipo de pão varia de pessoa para pessoa, dependendo das características do corpo de cada um.

De acordo com pesquisadores do Instituto Weizmann, de Israel, não existiam até então estudos que demonstrassem os efeitos que os diferentes tipos de pão têm sobre o organismo. Para preencher essa lacuna, eles compararam as reações de 20 indivíduos às dietas com pão de trigo branco processado e pão de trigo do tipo sourdough integral artesanal.

Para o estudo, publicado nessa terça (6) no periódico científico "Cell Metabolism", foram monitorados níveis de glicose, gordura e sais minerais no sangue, enzimas e fatores inflamatórios. "A descoberta inicial, muito contrária à nossa expectativa, foi de que não houve diferenças clinicamente significativas entre os efeitos desses dois tipos de pão em nenhum dos parâmetros que medimos", diz Eran Segal, biólogo computacional e um dos autores do estudo.

Getty Images
Pão branco processado

Mas com base em alguns estudos anteriores que indicam que as pessoas têm diferentes respostas glicêmicas para a mesma dieta, eles suspeitaram que algo mais complexo estaria ocorrendo com o experimento dos pães.

A resposta glicêmica de alguns dos participantes seria melhor para um dos tipos de pão, e a de outros, melhor para o outro tipo. Essa hipótese foi confirmada ao se analisar os resultados estatísticos de forma integrada.

Dessa forma, constatou-se que cerca de metade das pessoas reage melhor ao pão branco processado e a outra metade têm melhor resposta à dieta feita com pão integral.

As descobertas não são apenas fascinantes, mas potencialmente muito importantes, porque apontam para um novo paradigma: diferentes pessoas reagem de forma diferente aos mesmos alimentos"

Eran Elinav, pesquisador 

Para o pesquisador, a descoberta pode propiciar uma abordagem mais racional às orientações nutricionais, com as indicações para cada pessoa sendo feitas com base no comportamento específico de seus organismos.

Sabe-se que as pessoas consomem menor quantidade de pão integral por este conter maior teor de fibras. Entretanto, o estudo não avaliou a quantidade de cada pão que as pessoas realmente comem até se sentirem saciadas.

No estudo, cada grupo consumiu a mesma quantidade de carboidratos, o que significa ingerir mais pão integral, que possui menos carboidratos, que pão branco. Por esses motivos, mais estudos precisam ser feitos.

Getty Images
Pão integral artesanal do tipo sourdough

Participantes comeram os dois tipos de pães

Os 20 participantes do estudo possuíam uma característica comum: cerca de 10% das calorias que adquiriam ao longo do dia vinham do consumo de pães. Eles foram convidados então a aumentar essa quantidade. Um grupo foi designado a adotar por uma semana dieta em que cerca de 25% das calorias proviesse de pães brancos processados. O outro deveria fazer o mesmo, mas consumindo pão integral artesanal.

O pão integral foi produzido especialmente para o estudo e entregue fresco aos participantes. Após a semana comendo maior quantidade de pães, todos os participantes suspenderam o consumo de pães por duas semanas. Após esse período, as dietas iniciais foram invertidas - quem comeu pão branco passaria a comer pão integral e vice-versa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos