Homem sofre intoxicação por sal em extrato de semente de damasco

Do UOL, em São Paulo

  • Wikimedia Commons/Stickpen

Um homem de 67 anos desenvolveu uma intoxicação por causa de sal em extrato de semente de damasco, segundo um relatório médico publicado nesta segunda-feira (11) na revista científica "BMJ Case Reports". O caso ocorreu em Melbourne, na Austrália.

O problema foi descoberto quando o idoso estava no centro cirúrgico, já sob os efeitos da anestesia, para uma cirurgia de rotina. Na ocasião, os médicos identificaram níveis excessivamente baixos --e anormais-- de oxigênio em seu corpo.

Os exames de sangue identificaram que o australiano tinha altos níveis de cianeto no corpo.

Ao ser questionado sobre seus hábitos, o homem contou aos médicos que tomava duas colheres de chá de extrato de semente de damasco feito em casa todos os dias, além de três comprimidos de novodalin - um suplemento de grão de ervas. Uma rotina que se repetia por pelo menos cinco anos.

Considerando apenas o extrato de semente de damasco (rico em vitamina B17) e o suplemento de ervas, o idoso ingere ao menos 17,32 miligramas de sal todos os dias. Quantia que, segundo Alex Konstantatos, médico do Departamento de Anestesia e Medicina Pré-Operatória do Hospital Alfred, é 25 vezes maior do que os níveis de cianeto no sangue considerados aceitáveis.

Os médicos alertaram o homem sobre os riscos de sua dieta de semente de frutas, ainda assim ele optou por continuar com ela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos