Viaja para área de risco? Saiba onde tomar vacina da febre amarela em SP

Do UOL, em São Paulo

Se você vai viajar para áreas de risco dentro e fora do país e precisa tomar a vacina contra a febre amarela, uma das alternativas é o Ambulatório do Viajante do HCFMUSP (Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo).

A recomendação é que a vacina seja tomada pelo menos 10 dias antes da data da viagem.

A partir desta sexta-feira (19), o HCFMUSP só irá fornecer a imunização contra a doença para aqueles que apresentarem o comprovante de viagem ou para os pacientes com condições especiais que apresentarem o encaminhamento da rede básica de saúde por escrito.

"Só serão atendidos os casos que preencherem os requisitos exigidos para a vacina de febre amarela", reforça o HCFMUSP, que sugere àqueles que não tiverem os comprovantes que procurem as unidades de vacinação da rede básica de saúde.

Vale ressaltar que o certificado internacional de vacinação de febre amarela não está sendo emitido temporariamente pelo centro de humanização do HC. Os documentos deverão ser obtidos nos postos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) mediante o comprovante de vacinação.

O HCFMUSP está localizado na av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, número 255, na região central de São Paulo.

Vagas esgotadas no Instituto Emílio Ribas

O Centro de Imunização do Instituto de Infectologia Emílio Ribas também pode ser uma alternativa aos viajantes. Mas, as imunizações só são realizadas com hora marcada e a agenda do hospital já está lotada até pelo menos o início de abril.

"Antes, era possível fazer o agendamento da vacina de um dia para o outro. Mas, com o aumento da demanda pela imunização, houve um esgotamento na capacidade de atendimento", afirmou a assessoria do hospital, que informa ser aplicada de 150 a 200 vacinas por dia.

Para obter o certificado internacional da vacina de febre amarela, é obrigatório fazer o pré-cadastro no site da Anvisa (www.anvisa.gov.br/viajante), além de apresentar o comprovante de viagem com destino e/ou conexão nos países que exijam o certificado.

Filas devem diminuir com campanha de vacinação

Mas se nenhuma das opções forem viáveis, o jeito é procurar um dos postos de saúde que estejam aplicando a vacina. A Secretaria Estadual de Saúde acredita que as filas tendem a diminuir a partir do dia 25 de fevereiro, quando será iniciada a campanha da vacina fracionada em 54 municípios do Estado.

Mas, mesmo durante a campanha, aos viajantes internacionais, que devem apresentar comprovante de viagem no ato da vacinação, serão aplicadas a dose integral. 

Veja a lista de unidades de saúde da capital com ação de intensificação de vacinação contra a febre amarela:

ZONA NORTE

ZONA SUL

ZONA OESTE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos