Minas Gerais registra 25 mortes por febre amarela desde julho de 2017

Ao menos 25 pessoas morreram vítima da febre amarela em Minas Gerais entre julho de 2017 e esta terça-feira (23), segundo a Secretaria Estadual da Saúde. Foram confirmados dez novos casos desde o último boletim epidemiológico, divulgado no dia 17 de fevereiro.

Ao todo, foram confirmados 47 casos de febre amarela no Estado --a maioria deles (44) em pessoas do sexo masculino com idade média de 46 anos (15 – 88 anos). Até o momento, não há relato de vacinação entre as vítimas. Há ainda 99 casos em investigação.

Leia também:

A letalidade da doença, segundo a secretaria, é de aproximadamente 53,2%. No período de monitoramento 2016/2017 (julho/2016 a junho/2017) foram registrados 475 casos confirmados de febre amarela no Estado, com 162 mortos. 

Números de mortes em SP e no Rio

No Rio de Janeiro, o número de mortes por febre amarela subiu para sete. Os dois casos mais recentes ocorreram em Teresópolis e Nova Friburgo, na Região Serrana, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde na segunda-feira (22).

Leia também: 

Ao todo, já ocorreram 15 infecções no Estado. O maior número de ocorrências foi em Valença, município do sul fluminense, que registrou nove infectados e três mortes. Em Teresópolis, ocorreram três casos, com duas mortes. Nova Friburgo teve um caso, e a vítima morreu. Os outros dois casos ocorreram em Petrópolis, também na Região Serrana, e em Miguel Pereira, na região centro-sul.

Já em São Paulo, desde janeiro do ano passado, foram registradas 36 mortes por febre amarela, segundo o balanço da Secretaria Estadual de Saúde divulgado na sexta-feira (19). Outras três pessoas morreram no Estado após tomarem a vacina. Ao todo, foram confirmados 81 casos da doença.

Cerca de 50% das infecções foram contraídas em Mairiporã, 11,1% em Atibaia e 6% em Amparo. Essas três cidades respondem por dois terços dos casos de febre amarela silvestre no Estado. Não há casos confirmados na capital paulista. 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos