Anvisa proíbe lote de frango destinado a indústrias por risco de meningite

Renan Prates

Colaboração para o UOL

  • Getty Images

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização em todo território nacional de um lote de carne de frango da marca D+ Alimentos direcionado a indústrias, por conter bactéria que pode causar doenças como meningite. 

O comunicado da Anvisa detalha que o lote 320 de frango cozido desfiado congelado da marca contém a bactéria Listeria monocytogenes, exigindo recolhimento. Dona da D+ Alimentos, a empresa G L Faleiros Indústria de Alimentos Eireli acatou à decisão, depois que a proibição foi publicada no Diário Oficial da União, na última sexta-feira (20).

Leia também: 

Ao UOL, a D+ Alimentos reafirmou por meio de nota que "vende seus produtos apenas para indústrias, não tendo nenhuma venda direta ao consumidor".

Sediada em Jaú, cidade do interior de São Paulo, A D+ Alimentos se apresenta como uma "indústria de peito de frango cozido congelado e carne moída", vendendo esses dois produtos em diferentes regiões do estado.

No site da marca, a descrição oficial do frango desfiado, produto cujo lote 320 foi alvo da sanção da Anvisa, afirma que o alimento é "elaborado com matéria prima de primeira qualidade" e submetido a processos controlados de processamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos