PUBLICIDADE
Topo

OMS nomeia doença causada pelo coronavírus; vacina pode surgir em 18 meses

Criança é retirada de prédio esvaziado durante surto de coronavírus em Hong Kong - TYRONE SIU
Criança é retirada de prédio esvaziado durante surto de coronavírus em Hong Kong Imagem: TYRONE SIU

Do UOL, em São Paulo

11/02/2020 12h42Atualizada em 11/02/2020 16h42

A OMS (Organização Mundial da Saúde) anunciou hoje que criou um nome oficial para a doença causada pelo novo coronavírus em uma coletiva de imprensa realizada em Genebra. Ela será chamada de COVID-19.

"Sob as diretrizes acordadas entre a OMS, a OIE (Organização Mundial da Saúde Animal) e a FAO, tivemos que encontrar um nome que não fizesse referência a uma localização geográfica, a um animal, a um indivíduo ou grupo de pessoas, e que também seja pronunciável e relacionado à doença", anunciou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

Segundo Ghebreyesus, "ter um nome é importante para impedir o uso de outros nomes que podem ser imprecisos ou estigmatizadores. Isso também nos fornece um formato padrão para o uso em futuros surtos de coronavírus".

Hoje e amanhã a OMS realiza um encontro com mais de 400 cientistas de todo o mundo, presencialmente e virtualmente. "O objetivo não é encontrar respostas imediatas para todas as questões", ponderou o diretor-geral da organização.

Ghebreyesus apresentou algumas medidas que estão em andamento para conter a transmissão do novo coronavírus. Elaboração de mapas de contágio, envio de medicamentos, regras de isolamento e investimentos em vacinas foram algumas das ações citadas por ele.

O diretor da OMS ainda comentou que uma vacina contra o coronavírus pode ficar pronta em 18 meses, mas não deu detalhes sobre pesquisas clínicas. "Precisamos fazer tudo o que podemos com as armas disponíveis hoje".

Até o dia de hoje, 42.708 casos de confirmados de coronavírus estavam confirmados apenas na China, onde as mortes já são 1017. No resto do mundo, há 393 casos confirmados em 24 países. Uma morte fora da China foi registrada.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que informaram o título, a matéria e a Home Page, COVID-19 é o nome da doença causada pelo coronavírus, e não o novo nome do vúrus. A informação foi corrigida.

Saúde