PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: HC Ribeirão faz vaquinha para comprar máscaras e equipamentos

Reprodução
Imagem: Reprodução

Eduardo Schiavoni

Colaboração para o UOL, em Ribeirão Preto

27/03/2020 18h01

Indicado pelo governo estadual como referência regional no tratamento do covid-19, o novo tipo de coronavírus, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP) teve que apelar para uma vaquinha garantir a compra de equipamentos básico de proteção pessoal para enfrentar o novo coronavírus.

Segundo o hospital, embora no momento não falte material no momento, o objetivo é garantir os estoques para atender ao aumento da demanda, que já começa a ser sentido. A meta do hospital é arrecadar R$ 5 milhões. Até o momento, foram arrecadados cerca de R$ 100 mil, doados por 507 colaboradores.

"Com o grande número de atendimentos já realizados e a realizar, considerando o cenário mundial, serão necessários mais equipamentos de proteção individual para os profissionais (máscaras e aventais, por exemplo), respiradores e outros equipamentos para os pacientes, que hoje já são insuficientes", afirmou o hospital, no texto da campanha.

Antonio Pazin Filho, diretor de atenção à saúde do Hospital das Clínicas, a ajuda da população é fundamental. "Esse recurso é muito importante para nós para a compra de insumos e de outros recursos que vão ser importantes no combate à epidemia e na proteção de nossos funcionários. Agradecemos qualquer ajuda

Aumento

Segundo Benedito Maciel, superintendente do HC, a vaquinha tem o objetivo de impedir que faltem insumos no atendimento. "Nós avaliamos diariamente o consumo desses kits e já estamos prevendo um crescimento expressivo de uso nos próximos dias. Por isso, decidimos captar recursos extras para que os estoques não fiquem vazios", explica. "Então, decidimos realizar a captação de recursos por meio dessa vaquinha na internet", afirmou Maciel em uma coletiva realizada pela prefeitura na tarde desta quinta-feira.

Outro lado

A reportagem do UOL procurou a Secretaria de Estado da Saúde questionando se a instituição teve ciência da ação e se faltam recursos para a compra dos insumos básicos. Até o fechamento da matéria, não houve resposta oficial.

Pelo telefone, a assessoria de imprensa informou que o HC é uma autarquia, que tem autonomia orçamentária e que conta com repasses para a compra dos insumos e que, por isso, não poderia responder sobre o assunto. A assessoria foi questionada se o repasse seria insuficiente, mas não respondeu.

Como fazer

Os interessados em realizar a doação em dinheiro pode acessar o site.

Caso a pessoa tenha interesse em realizar a doação de materiais ou equipamentos, ela deverá entrar em contato com a instituição por meio do e-mail doacaocoronavirus@hcrp.usp.br ou pelo telefone (16) 3602-2060.

Coronavírus