PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Em novo balanço, ministério faz casos e morte por covid-19 "sumirem" no AM

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

04/05/2020 22h22Atualizada em 06/05/2020 15h52

Resumo da notícia

  • Boletim enviado no início da noite atualizou dados divulgados pela pasta durante a tarde
  • Ceará, Bahia e Espírito Santo viram números crescerem
  • No Amazonas, novo boletim reduziu número de casos confirmados e de mortes
  • Informe da Secretaria de Saúde confirma versão com números menores

Um novo balanço com dados atualizados às 20h de hoje sobre os casos de covid-19, divulgado pelo Ministério da Saúde, fez "desaparecer" no Amazonas uma morte e 71 casos informados mais cedo na atualização de dados estaduais divulgada 5 horas antes.

No balanço das 15h, o Ministério da Saúde informou que havia 7.313 casos confirmados e 585 mortes causadas pelo novo coronavírus no Amazonas. Cinco horas depois, esses números caíram para 7.242 e 584, respectivamente. Não houve explicação para a mudança para menos de casos.

O Amazonas atravessa uma grave crise na saúde e nos serviços funerários, especialmente na capital, Manaus.

O detalhe que chama a atenção é que em todas as demais unidades da federação, ou houve aumento, ou o número de casos se manteve o mesmo em relação ao balanço anterior.

Com os novos números, o país tem agora 107.780 casos da covid-19 e 7.321 mortes —às 15 horas eram 105.222 confirmações e 7.288 óbitos. Os dados do ministério são informados pelas secretarias estaduais.

O UOL consultou os dados divulgados às 14h50 pela Secretaria de Saúde do Amazonas e viu que os números informados pela pasta são os mesmos que os divulgados no novo boletim do ministério às 20 horas. Em nenhum momento, na consulta feita pela reportagem, o estado divulgou os dados informados pelo ministério às 15 horas.

Não é a primeira vez que balanço divulgado pelo Ministério da Saúde da covid-19 traz dados equivocados. No dia 20 de abril, um erro de digitação para os dados do estado de São Paulo fez o ministério divulgar que aquele dia registrara 383 mortes, quando na verdade foram 113.

planilha 15 horas - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

planilha 20h - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Outros estados que tiveram atualizações em seus números foram o Ceará, com 2.539 novos casos, o Espírito Santo, com 64 e a Bahia, com 26.

Entre os óbitos, houve aumento na Bahia (7) e no Espírito Santo (6).

Outro lado

Em nota enviada ao UOL, o ministério informou que o erro ocorreu no envio de dados pela Secretaria de Saúde do Amazonas, que "informou ao Ministério da Saúde, às 13h12, um total de 7.313 casos e 585 óbitos confirmados pela doença, o que foi veiculado nacionalmente por meio das plataformas oficiais do Ministério da Saúde na atualização nacional diária da tarde, às 15h."

"Ao informar os dados por municípios, às 18h08, a supracitada Secretaria reportou um erro na contagem do número de casos do município de Juruá, corrigindo a quantidade total de casos de covid-19 para 7.242 e de óbitos para 584 (números que foram confirmados pelos veículos de comunicação oficial). Esses dados foram atualizados no Painel Coronavírus às 20h", diz.

Ainda na nota, o ministério diz que "também foi informado que a Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas emitirá uma nota esclarecendo o ocorrido."

Em nota, a Secretaria de Saúde do Amazonas afirmou que, "como informou o Ministério da Saúde, houve um equívoco no lançamento dos números de casos confirmados e de óbitos atribuídos ao município de Juruá. Na mesma tarde, a informação foi corrigida pela FVS-AM e redistribuída à imprensa e ao Ministério da Saúde".

Mudança

O Ministério da Saúde informou que, a partir de hoje, a forma de divulgação da atualização de dados ocorrerá sempre em duas etapas: a primeira às 15 horas, com dados preliminares por unidades da federação e estimativa de recuperados. Às 19h ocorre o lançamento do boletim com dados finais de casos, óbitos e estimativa de curados.

O ministério também anunciou hoje que na próxima segunda-feira (11) lançará uma nova versão do painel coronavírus, que tem como grande novidade a apresentação de dados da doença por regiões de saúde e municípios —hoje o detalhamento ocorre apenas por estado. Os dados serão publicados sempre a partir das 19h.

Coronavírus