PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

AM: Justiça determina apreensão de cilindros de oxigênio da White Martins

FERA apreende 14 cilindros nas instalações da White Martins - Divulgação /  Polícia civil
FERA apreende 14 cilindros nas instalações da White Martins Imagem: Divulgação / Polícia civil

Bruna Chagas

Colaboração para UOL, Manaus

17/01/2021 12h24

Em Manaus, a Justiça do Amazonas determinou na tarde de ontem a busca e apreensão de 14 cilindros de oxigênio nas instalações da White Martins e por meio da Polícia Civil entregou o material à Sociedade Portuguesa Beneficente do Amazonas para abastecer os leitos do hospital. A operação foi conduzida pelo Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera).

Segundo a Secretaria de Comunicação do Governo do Amazonas, a White Martins não havia obedecido à ordem judicial anterior e, no final da tarde de ontem, o juiz plantonista cível Cezar Luiz Bandiera determinou a apreensão do insumo em quantidade "suficiente para manter o funcionamento mínimo do hospital".

A decisão do magistrado considerou o apelo da unidade de saúde, informando haver apenas sete cilindros para atendimento aos pacientes.

De acordo com o delegado Juan Valério, coordenador do Fera, a decisão teve caráter de urgência sob o risco de haver mortes de pacientes. "Adentramos à empresa e trouxemos os 14 cilindros para os profissionais de saúde darem continuidade ao tratamento dos pacientes. Eles são verdadeiros heróis", afirmou o delegado.

Ainda de acordo com Valério todo o efetivo policial está trabalhando ininterruptamente há 72 horas com escoltas, fazendo cumprir o toque de recolher ou mesmo fazendo cumprir ordem judicial como essa e entregando o insumo.

Após publicação desta reportagem, a White Martins enviou nota em que afirma que "respeita e cumpre decisões judiciais, mas devido à crise do oxigênio em Manaus não foi possível atender imediatamente à determinação da Justiça."

Saúde