PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
15 dias

Profissionais da educação serão vacinados na próxima semana no ES

Preparação para aplicação de dose de vacina contra a covid-19 no Espírito Santo - Divulgação/Governo do Espírito Santo
Preparação para aplicação de dose de vacina contra a covid-19 no Espírito Santo Imagem: Divulgação/Governo do Espírito Santo

Colaboração para o UOL

15/04/2021 17h04Atualizada em 15/04/2021 18h26

A vacinação de profissionais da educação contra a covid-19 deve começar na próxima semana nos municípios do Espírito Santo. Hoje, em ato simbólico, representantes da categoria foram vacinados em uma solenidade no Palácio Anchieta, em Vitória.

Na ocasião, o governador Renato Casagrande afirmou que a campanha de vacinação dos profissionais da educação começará com aproximadamente 5.000 doses. No entanto, ele admitiu que este é um número "muito aquém da quantidade necessária".

"Estamos iniciando a vacinação dessa categoria tão importante, aqui simbolizada pelos professores. Várias outras categorias também são importantes e por isso necessitamos seguir cobrando a chegada de mais vacinas", disse Casagrande.

A expectativa do Ministério da Saúde é de que sejam vacinados 66.145 trabalhadores do Ensino Básico ao Ensino Superior. Os primeiros a serem vacinados serão professores e auxiliares que trabalham em sala de aula, desde creches ao Ensino Médio e Técnico, de 50 a 59 anos de idade.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, disse que a vacinação dos profissionais da educação aconteceria mais para frente, mas foi adiantada pelo governador. "Gostaria de agradecer a sensibilidade do governador por antecipar essa ordem de vacinação. Com essa medida, estamos antecipando o que iria acontecer só mais para frente", agradeceu o secretário.

Como acontecerá a vacinação

Terão prioridade os professores e auxiliares em sala de aula das creches com crianças de 0 a 3 anos de idade, pré-escola, ensino fundamental 1 e 2 e ensino médio e técnico de 50 a 59 anos. Em seguida, na ordem de prioridade, estão os grupos de 40 a 49 anos; 30 a 39 anos e 18 a 29 anos.

Segundo a Resolução CIB, "fica autorizada a vacinação do grupo subsequente sempre que a meta da vacinação for atingida no grupo alvo em 90%, com as doses devidamente registradas pelo município no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações".

Esta ordem de vacinação também dependerá da disponibilidade semanal de vacinas que são ofertadas pelo Ministério da Saúde. A Sedu (Secretaria da Educação) listará os professores que serão contemplados nesta primeira etapa da campanha. A lista será atualizada semanalmente, conforme informou o governo do Espírito Santo.

Saúde