Topo

Conteúdo publicado há
6 meses

Ordem era vacinar todos, diz técnica que aplicou dose de adulto em crianças

Cerca de 40 crianças com idade entre 5 e 11 anos foram vacinadas contra a covid-19 antes da chegada do imunizante correto, na cidade de Lucena (PB) Imagem: Reuters/BBC

Sara Baptista

Do UOL, em São Paulo

17/01/2022 13h33

Uma auxiliar de enfermagem que aplicou em crianças doses da vacina contra a covid-19 feitas para adultos disse que recebeu ordens de vacinar todos. Segundo a profissional, ela foi orientada a imunizar todos que aparecessem pois as doses da vacina estavam perto do vencimento.

Cerca de 40 crianças com idade entre 5 e 11 anos foram vacinadas contra a covid-19 antes da chegada do imunizante correto, na cidade de Lucena (PB).

A auxiliar de enfermagem disse ainda que no local onde ela foi contratada para trabalhar não havia o acompanhamento de médicos e enfermeiros. Ela afirma que apenas uma assistente social trabalhava no local, além dos auxiliares de enfermagem.

A vacinação de crianças com as doses erradas começou no dia 7 de janeiro, de acordo com a profissional. Ela também afirmou não saber quantas crianças no total ela vacinou com as doses para adultos.

A mulher ainda negou a acusação de que teria vacinado crianças de 4 anos.

Por enquanto, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou a imunização contra a covid-19 de crianças a partir de 5 anos. As pessoas de 5 a 11 anos, no entanto, devem receber uma dose pediátrica da vacina da Pfizer, único imunizante aprovado.

O MPF (Ministério Público Federal) afirma que está investigando o caso e que ainda é "muito prematuro" atribuir responsabilidades pela imunização incorreta. A auxiliar de enfermagem e a responsável pela UBS (Unidade Básica de Saúde) onde o caso aconteceu foram intimadaa a prestar depoimento ao MPF de forma virtual.

"No momento o que mais preocupa o Ministério Público são as vacinações futuras, o acompanhamento das crianças e mostrar que esse fato isolado no município de Lucena não atrapalha em nada a vacinação pediátrica aplicada de maneira adequada", afirma o órgão em nota.

O UOL entrou em contato com a Prefeitura de Lucena, mas ainda não recebeu um posicionamento sobre o assunto.

Anteriormente, a prefeitura havia atribuído a culpa à auxiliar de enfermagem. "Esclarecemos que a decisão foi tomada individualmente pela pessoa que fez a aplicação, sendo uma falha pontual e que não partiu de determinação da administração municipal, de forma que assim que tomamos conhecimento, afastamos a responsável", disse, em nota.

A prefeitura disse também que que está colocando "à disposição das famílias acompanhamento médico e [está] monitorando as crianças". Ainda segundo o município, nenhuma criança apresentou reações adversas após a vacinação.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ordem era vacinar todos, diz técnica que aplicou dose de adulto em crianças - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Saúde