PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Associação Médica Brasileira recomenda triagem de pacientes de UTI com maior chances de sobreviver

Trabalho médico na UTI Covid do Hospital de Urgências de Guarulhos (SP) - Mister Shadow / Estadão Conteúdo
Trabalho médico na UTI Covid do Hospital de Urgências de Guarulhos (SP) Imagem: Mister Shadow / Estadão Conteúdo

Ricardo Brito

09/04/2021 18h15

BRASÍLIA (Reuters) - A Associação Médica Brasileira divulgou nesta sexta-feira uma recomendação para que se faça triagem de pacientes que precisam de unidades de terapia intensiva (UTIs) com mais chances de sobreviver, em meio ao pior momento da pandemia de Covid-19 no país, que tem levado a um colapso dos sistemas hospitalares de saúde em muitas localidades.

"O modelo de triagem reconhece que em situações de crise só é possível salvar o maior número de vidas se conseguirmos identificar os pacientes que tem mais chances de sobreviver ao receberem recursos em esgotamento", diz o texto.

Segundo a recomendação, a triagem dos pacientes para ter acesso a UTIs deve ser aplicada a todos, seja pessoas com Covid ou não. A idade, por exemplo, não pode ser o único fator a ser avaliado como critério de triagem.

O documento menciona que dados relativos à gravidade do quadro agudo do paciente, sobre a presença de doenças avançadas e estado de saúde física devem ser levados em consideração.

A recomendação diz que pacientes que não forem priorizados devem ser submetidos diariamente a nova triagem se desejarem e devem continuar a receber todos os tratamento apropriados.

Saúde