PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Brasil receberá medicamentos para intubação de Espanha e outros países, diz Queiroga

O ministro da Saúde, Marcela Queiroga, ao centro, e Nísia Trindade, presidente da Fiocruz, ao lado - Reprodução
O ministro da Saúde, Marcela Queiroga, ao centro, e Nísia Trindade, presidente da Fiocruz, ao lado Imagem: Reprodução

Pedro Fonseca

15/04/2021 17h58

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quinta-feira que o Brasil está negociando com países parceiros o recebimento de medicamentos para intubação de pacientes de Covid-19 em meio à "situação de emergência" vivida com a escassez desses insumos.

Queiroga destacou, em entrevista coletiva, um acordo já fechado com a Espanha, além de uma compra internacional realizada pelo ministério por meio da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). O ministro não detalhou as quantidades ou valores das compras.

"O Ministério da Saúde, em parceria com a Opas, fez uma compra internacional desses insumos que visam recuperar o nosso estoque. Além dessa ação junto à Opas, a relação bilateral do Brasil com outros países, aqui eu destaco a Espanha, também trará a curto prazo medicamentos para nos atender nessa situação de emergência", afirmou.

O ministro também agradeceu a mineradora Vale por uma doação realizada por um pool de empresas de 2,3 milhões de medicamentos usados na intubação de pacientes.

Saúde