Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Enquete
  • link: http://noticias.uol.com.br/tabloide/album/2014/02/10/a-gente-nao-quer-so-comida-artistas-transformam-guloseimas.htm
  • totalImagens: 239
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20110610213816
Fotos
26.ago.2016 - A nova moda dos nossos amigos japoneses é o sushi mosaico, segundo o site Bored Panda. As iguarias são meticulosamente ajeitadas para que se pareçam uma obra de arte. Dá água na boca, mas quem é que tem coragem de acabar com a beleza do quadro? Reprodução/Instagram/@con418

Mais
26.ago.2016 - A nova moda dos nossos amigos japoneses é o sushi mosaico, segundo o site Bored Panda. As iguarias são meticulosamente ajeitadas para que se pareçam uma obra de arte. Dá água na boca, mas quem é que tem coragem de acabar com a beleza do quadro? Reprodução/Instagram/@perhotsky

Mais
26.ago.2016 - A nova moda dos nossos amigos japoneses é o sushi mosaico, segundo o site Bored Panda. As iguarias são meticulosamente ajeitadas para que se pareçam uma obra de arte. Dá água na boca, mas quem é que tem coragem de acabar com a beleza do quadro? Reprodução/Instagram/@chinamisakamoto

Mais
4.fev.2016 - O dia de São Valentim, equivalente do Dia dos Namorados em muitos países, é só no próximo dia 14 - mas o prêmio de presente mais original para a data já tem um forte candidato: um pão de amêndoas no formato de um emoji apaixonado, com direito a coraçãozinhos nos olhos. O autor da guloseima para os namorados (e viciados em WhatsApp) é o chef Dominique Ansel, mais conhecido do grande público por ser o criador do "cronut", a mistura de donut e croissant que causa filas quilométricas em Nova York desde seu lançamento em 2013. Divulgação/instagram.com/dominiqueansel

Mais
29.jan.2016 - Uma mesa, um pote de sal e alguns pinceis é tudo o que o artista Rob Ferrel precisa para fazer sua arte. Conhecido inicialmente por retratos e desenhos feitos no cabelo de clientes em uma barbearia, Ferrel decidiu expandir as técnicas e começou a desenhar com sal ou qualquer outra "tinta" que tivesse disponível. Adele, Bob Marley, John Lennon, Justin Bieber e Salvador Dalí têm seus retratos com condimentos, sejam eles sal, Nutella, molho de tomate ou até mesmo guacamole. Divulgação/instagram/robtheoriginal

Mais
29.jan.2016 - Uma mesa, um pote de sal e alguns pinceis é tudo o que o artista Rob Ferrel precisa para fazer sua arte. Conhecido inicialmente por retratos e desenhos feitos no cabelo de clientes em uma barbearia, Ferrel decidiu expandir as técnicas e começou a desenhar com sal ou qualquer outra "tinta" que tivesse disponível. Adele, Bob Marley, John Lennon, Justin Bieber e Salvador Dalí têm seus retratos com condimentos, sejam eles sal, Nutella, molho de tomate ou até mesmo guacamole. Divulgação/instagram/robtheoriginal

Mais
17.set.2015 - Anne Widya é uma criativa cozinheira de Hong Kong que faz arte com comida e posta em seu perfil no Instagram (@anne2matthew). Além de dar água na boca, faz bem aos olhos Reprodução/Instagram/@anne2matthew

Mais
17.set.2015 - Anne Widya é uma criativa cozinheira de Hong Kong que faz arte com comida e posta em seu perfil no Instagram (@anne2matthew). Além de dar água na boca, faz bem aos olhos Reprodução/Instagram/@anne2matthew

Mais
17.set.2015 - Anne Widya é uma criativa cozinheira de Hong Kong que faz arte com comida e posta em seu perfil no Instagram (@anne2matthew). Além de dar água na boca, faz bem aos olhos Reprodução/Instagram/@anne2matthew

Mais
17.set.2015 - Anne Widya é uma criativa cozinheira de Hong Kong que faz arte com comida e posta em seu perfil no Instagram (@anne2matthew). Além de dar água na boca, faz bem aos olhos Reprodução/Instagram/@anne2matthew

Mais
17.set.2015 - Anne Widya é uma criativa cozinheira de Hong Kong que faz arte com comida e posta em seu perfil no Instagram (@anne2matthew). Além de dar água na boca, faz bem aos olhos Reprodução/Instagram/@anne2matthew

Mais
25.mar.2015 - Marta Thompson Torres era professora e carateca, foi vice-campeã pan-americana em 1997, mas resolveu mudar de área e tornou-se bicampeã brasileira em 2013 e 2014 do troféu "Master Carving", de composições de esculturas em melancias. Deem uma olhada nessas esculturas em frutas e legumes, dá até dó de comer Reprodução/Facebook/Chef Marta Torres

Mais
25.mar.2015 - Marta Thompson Torres era professora e carateca, foi vice-campeã pan-americana em 1997, mas resolveu mudar de área e tornou-se bicampeã brasileira em 2013 e 2014 do troféu "Master Carving", de composições de esculturas em melancias. Deem uma olhada nessas esculturas em frutas e legumes, dá até dó de comer Reprodução/Facebook/Chef Marta Torres

Mais
25.mar.2015 - Marta Thompson Torres era professora e carateca, foi vice-campeã pan-americana em 1997, mas resolveu mudar de área e tornou-se bicampeã brasileira em 2013 e 2014 do troféu "Master Carving", de composições de esculturas em melancias. Deem uma olhada nessas esculturas em frutas e legumes, dá até dó de comer Reprodução/Facebook/Chef Marta Torres

Mais
25.mar.2015 - Marta Thompson Torres era professora e carateca, foi vice-campeã pan-americana em 1997, mas resolveu mudar de área e tornou-se bicampeã brasileira em 2013 e 2014 do troféu "Master Carving", de composições de esculturas em melancias. Deem uma olhada nessas esculturas em frutas e legumes, dá até dó de comer Reprodução/Facebook/Chef Marta Torres

Mais
23.out.2014 - Yelena Zelenskaya, artista russa, finaliza torta que assou no formato do rosto de Barack Obama, presidente dos EUA. O nome da obra é "Sanções doces. Vamos comê-los apenas por diversão" e foi feita em Krasnoyarsk, na Sibéria. Um grupo de artistas locais participaram da performance em que as tortas representam três raças humanas e continentes e foi realizada para se opor à guerra, ao racismo, e ao confronto de culturas, de acordo com organizadores. Então tá! Ilya Naymushin/Reuters

Mais
23.out.2014 - Yelena Zelenskaya, artista russa, finaliza torta que assou no formato do rosto de Angela Merkel, chanceler alemã. O nome da obra é "Sanções doces. Vamos comê-los apenas por diversão" e foi feita em Krasnoyarsk, na Sibéria. Um grupo de artistas locais participaram da performance em que as tortas representam três raças humanas e continentes e foi realizada para se opor à guerra, ao racismo, e ao confronto de culturas, de acordo com organizadores. Então tá! Ilya Naymushin/Reuters

Mais
23.out.2014 - Yelena Zelenskaya, artista russa, finaliza torta que assou no formato do rosto de Kim Jong-Un, líder norte-coreano. O nome da obra é "Sanções doces. Vamos comê-los apenas por diversão" e foi feita em Krasnoyarsk, na Sibéria. Um grupo de artistas locais participaram da performance em que as tortas representam três raças humanas e continentes e foi realizada para se opor à guerra, ao racismo, e ao confronto de culturas, de acordo com organizadores. Então tá! Ilya Naymushin/Reuters

Mais
23.out.2014 - Yelena Zelenskaya, artista russa, finaliza torta que assou nos formatos dos rostos de Kim Jong-Un, líder norte-coreano, Barack Obama, presidente dos EUA, e Angela Merkel, chanceler alemã. O nome da obra é "Sanções doces. Vamos comê-los apenas por diversão" e foi feita em Krasnoyarsk, na Sibéria. Um grupo de artistas locais participaram da performance em que as tortas representam três raças humanas e continentes e foi realizada para se opor à guerra, ao racismo, e ao confronto de culturas, de acordo com organizadores. Então tá! Ilya Naymushin/Reuters

Mais
1.jul.2014 - O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, uma especial feita por Blankenship para homenagear a seleção brasileira durante a Copa do Mundo Kevin Blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. ''Comecei fazendo o Mickey. Você não precisa de uma veia artística para fazer isso, apenas divirta-se'', recomenda. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, o Homem-Aranha Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, Donatello, de ''Tartarugas Ninjas'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, o símbolo da Casa Lannister, de ''Game of Thrones'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, o símbolo da Casa Targaryen, de ''Game of Thrones'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, Zandor, de ''Herculoides'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, Zok, de ''Herculoides'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, Tundro, de ''Herculoides'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, Wolverine, de ''X-Men'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, Jango Fett, de ''Guerra nas Estrelas'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, a princesa Leia, de ''Guerra nas Estrelas'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, R2D2, de ''Guerra nas Estrelas'' Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
O escritor e cartunista Kevin Blankenship, de Oklahoma (EUA), usa panquecas para desenhar personagens dos quadrinhos. A ideia surgiu quando ele se tornou pai: Blankenship diz que os dois filhos escolhem quais personagens querem de café da manhã. As panquecas podem ser vistas em http://instagram.com/kevin_blankenship. Acima, Calvin e Haroldo Reprodução/Instagram/@kevin_blankenship

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, conta que sempre brincou com imagens usando comidas e outros objetos inusitados.''Eu me sinto bem fazendo isso, me divirto e, assim, divirto as pessoas.'' As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
6.jun.2014 - O publicitário paulista Victor Nunes, 65, vê carinhas em tudo: ele usa os mais variados tipos de comida e objetos para desenhar rostos. Eles aparecem em uvas, coxas de frango, calda de chocolate e até na espuma do café. ''Ainda é uma brincadeira, uma diversão e grande terapia'', conta o artista. As criações dele podem ser conferidas na página do Facebook Victor Nunes Faces (https://www.facebook.com/victornunesfaces) Reprodução/Facebook/Victor Nunes Faces

Mais
28.mai.2014 - Kazuki Yamamoto ganhou destaque nas redes sociais do Japão após começar a divulgar suas obras de arte em espumas de café com leite. Aos 27 anos, o japonês é considerado um dos pioneiros nesse tipo de "arte" em 3D. A maioria dos clientes de Yamamoto é do sexo feminino e ele diz que por isso animais são os campeões de pedidos, como este urso tomando um banho Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - As recriações de personagens de desenhos animados e outras inspiradoras figuras com a espuma de café com leite têm chamado a atenção do público na internet. Mesmo quando não usa espumas mais rígidas em seus trabalhos, Yamamoto consegue dar um efeito tridimensional, como prova este desenho de uma flor de hibisco Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - O artista começou aos 20 anos a estudar as técnicas para se tornar um barista. Aprendeu desenhos básicos e, alguns anos mais tarde, passou a criar obras em duas dimensões. Há dois anos, ele vem aperfeiçoando a técnica tridimensional. O artista japonês também se arrisca a reproduzir imagens de pessoas e de animais de estimação Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - O método de usar a espuma do leite vaporizado para "desenhar" e criar obras sobre o café surgiu na Itália, na década de 80, com a introdução da máquina de fazer café expresso. Mas começou a ganhar popularidade em Seattle, nos Estados Unidos, no final dos anos 1980. Yamamoto cria até mesmo obras de arte que interagem umas com as outras Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - Kazuki Yamamoto ganhou destaque nas redes sociais do Japão após começar a divulgar suas obras de arte em espumas de café com leite. Aos 27 anos, o japonês é considerado um dos pioneiros nesse tipo de "arte" em 3D. As criações de Yamamoto vêm chamando atenção na internet Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - Com os avanços tecnológicos, as microespumas ficaram mais rígidas e mais permeáveis, possibilitando o desenvolvimento da arte em 3D. O artista Kazuki Yamamoto conta que cria o desenho no café com leite na frente dos clientes. "Assim, eles acompanham e se divertem desde o começo", diz Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - O artista Kazuki Yamamoto começou aos 20 anos a estudar as técnicas para se tornar um barista. Aprendeu desenhos básicos e, alguns anos mais tarde, passou a criar obras em duas dimensões. Há dois anos, ele vem aperfeiçoando a técnica tridimensional. ?Gosto de entreter e surpreender as pessoas e, enquanto pensava qual seria o próximo passo, surgiu a arte em 3D?, conta o artista. ?Fui criando e aprendendo tudo sozinho" Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - As recriações de personagens de desenhos animados e outras inspiradoras figuras com a espuma de café com leite têm chamado a atenção do público na internet.O método de usar a espuma do leite vaporizado para criar obras sobre o café surgiu na Itália, na década de 80. Com os avanços tecnológicos, as microespumas ficaram mais rígidas e permeáveis, possibilitando a arte em 3D Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - O método de usar a espuma do leite vaporizado para "desenhar" e criar obras sobre o café surgiu na Itália, na década de 80, com a introdução da máquina de fazer café expresso. Mas começou a ganhar popularidade em Seattle, nos Estados Unidos, no final dos anos 1980.O jovem artista Kazuki Yamamoto começou a trabalhar como barista aos 20 anos, quando aprendeu os desenhos básicos em café com leite Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - Com os avanços tecnológicos, as microespumas ficaram mais rígidas e mais permeáveis, possibilitando o desenvolvimento da arte em 3D. O artista Kazuki Yamamoto conta que cria o desenho no café com leite sempre na frente dos clientes.O personagem Snoopy faz sucesso entre os clientes de Yamamoto Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - Kazuki Yamamoto ganhou destaque nas redes sociais do Japão após começar a divulgar suas obras de arte em espumas de café com leite. Aos 27 anos, o japonês é considerado um dos pioneiros nesse tipo de "arte" em 3D. Mumin, o personagem da finlandesa Tove Jansson que se parece com um hipopótamo, é outro campeão de pedidos entre os japoneses Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
28.mai.2014 - As recriações de personagens de desenhos animados e outras inspiradoras figuras com a espuma de café com leite têm chamado a atenção do público na internet. As tradicionais flores de cerejeira ganham a versão 'latte' Kazuki Yamamoto/Divulgação

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
19.mar.2014 - Quando ficou grávida da sua segunda filha, Lee Samantha começou a fazer food art para encorajar a filha mais velha a comer sozinha. Isso foi em 2008, e desde então suas criações têm trazido um grande retorno para a mãe artista. Lee posta seus pratos na sua conta no Instagram (@leesamantha) e na sua página no Facebook Reprodução/Instagram/@leesamantha

Mais
12.fev.2014 - Caricatura do cantor Elvis Presley feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Além de celebridades, esportistas e ícones pop, Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricatura do ator Johnny Depp vestido como sua personagem mais famosa, o capitão "Jack Sparrow", do filme "Piratas do Caribe", feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Além de celebridades, esportistas e ícones pop, Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricatura de "John Wayne", nome artístico do ator americano Marion Robert Morrison (1907-1979), feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricatura do ex-jogador americano e ídolo do basquete Michael Jordan feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricaturas do produtor de cinema e animador Walter Elias Disney (1901-1966) e a criação mais famosa, o rato Mickey Mouse, feitas em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricatura do pintor Salvador Dalí (1904-0989) feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricatura do cantor Elton John feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricatura do pintor Pablo Picasso (1881-1973) feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricaturas dos integrantes da banda de punk-rock americana The Ramones feitas em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricatura do ator George Reeves (1914-1959) vestido como a personagem mais famosa que já interpretou no cinema, o Superman, feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
12.fev.2014 - Caricatura do empresário magnata americano Donald Trump feita em casca de amendoim, trabalho do artista norte-americano Steve Casino, conhecido como o "Pintor de Amendoins". De acordo com o artista, que ficou conhecido nas redes sociais, o trabalho de pintura leva até 20 horas para ser concluído. Steve também cria retratos de pessoas comuns, sob encomenda. No site, ele adverte: "não são baratos", sobre os preços das esculturas. Outros dos seus trabalhos estão expostos na sua página no Facebook: facebook.com/painterofnuts Steve Casino/stevecasino.com

Mais
10.fev.2014 - A exposição "Os frutos da minha imaginação", em cartaz no Bercy Village, em Paris, apresenta fotografias de frutas e legumes transformados em animais ou personagens insólitos. As obras são da fotógrafa francesa Christel Jeanne, que costuma percorrer feiras e mercados em busca de frutas e legumes retorcidos e com formas estranhas, que possam inspirar suas criações. Na foto, um chuchu se transforma em um sapo Reprodução/Christel Jeanne

Mais
10.fev.2014 - A exposição "Os frutos da minha imaginação", em cartaz no Bercy Village, em Paris, apresenta fotografias de frutas e legumes transformados em animais ou personagens insólitos. As obras são da fotógrafa francesa Christel Jeanne, que costuma percorrer feiras e mercados em busca de frutas e legumes retorcidos e com formas estranhas, que possam inspirar suas criações. A artista realiza um minucioso trabalho de produção visual para criar 'rostos' expressivos, com caretas ou sorrisos, e corpos de animais ou personagens. Na foto, um pimentão torto ganha o rosto de um personagem com 'cara de mau', intitulado 'dragão' Reprodução/Christel Jeanne

Mais
10.fev.2014 - A exposição "Os frutos da minha imaginação", em cartaz no Bercy Village, em Paris, apresenta fotografias de frutas e legumes transformados em animais ou personagens insólitos. As obras são da fotógrafa francesa Christel Jeanne, que costuma percorrer feiras e mercados em busca de frutas e legumes retorcidos e com formas estranhas, que possam inspirar suas criações. Na foto, uma pera se torna o corpo de um caracol 'perdido' no meio da neve/ fotografia 'Onde estou?' Reprodução/Christel Jeanne

Mais
10.fev.2014 - A exposição "Os frutos da minha imaginação", em cartaz no Bercy Village, em Paris, apresenta fotografias de frutas e legumes transformados em animais ou personagens insólitos. As obras são da fotógrafa francesa Christel Jeanne, que costuma percorrer feiras e mercados em busca de frutas e legumes retorcidos e com formas estranhas, que possam inspirar suas criações. Na foto, um morango se torna um divertido peixinho vermelho Reprodução/Christel Jeanne

Mais
17.jul.2013 - Para a escultura polonesa Milena Korolczuk, o pão é mais do que comida, é um instrumento de trabalho. Ela cria bustos de personalidade usando pedaços do alimento. Na lista, estão o rapper Jay-Z, o artista Andy Wahol e até o filósofo Platão Milena Korolczuk/Divulgação

Mais
17.jul.2013 - O ator John Malkovich é uma das personalidades retratadas pelo projeto da escultora polonesa Milena Korolczuk, que cria bustos usando pedaços de pão Milena Korolczuk/Divulgação

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem do jogo Mortal Kombat feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem da cantora Rihanna feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem do tenor Luciano Pavarotti feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem do jogador Cristiano Ronaldo feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem da atriz Sophia Loren feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem do cantor Frank Sinatra feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem de sapatos feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem da pintura Mona Lisa feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem do presidente americano Barack Obama feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem do ator Marlon Brando feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem da atriz Marilyn Monroe feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem do ator Jackie Chan feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Pizza com imagem do ator Bruce Lee feita por Domenico Crolla, em Glasgow, Escócia Reprodução/www.crolla.com

Mais
3.jul.2013 - Domenico Crolla mostra pizza com o rosto da Rihanna Reprodução/www.crolla.com

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.mai.2013 - Neko-sushi, ou sushi cats, ou gatos-sushi receita da empresa japonesa Tange & Nakimushi Peanuts. Aos animófilos mais afoitos, CALMA: a brincadeira só é vendida em forma de quadro e aplicativos de celular Reprodução/Tange & Nakimushi Peanuts

Mais
8.abr.2013 - Artista e entusiasta da comida, a norueguesa Ida Frosk criou o projeto "Art Toast" (Arte na Torrada), em que recria obras de arte famosas usando pães como sua tela, como nessa torrada com queijo e maçã, que lembra o famoso quadro "O Filho do Homem", do surrealista René Magritte idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - Aqui, um autorretrato de Frida Kahlo. "A ideia foi baseada na interpretação literal de 'arte gastronômica' e no desejo de tornar a arte mais acessível", diz ela idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - Aqui, reprodução artística de Rothko. "Jogos de palavras me inspiram muito, então passei a explorar o significado literal de 'arte gastronômica' nesta série de recriações" idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - A obra de Matisse também foi convertida em torrada. Ida conta que começou a "brincar com comida" em junho de 2012, para deixar refeições saudáveis mais divertidas. Ela posta fotos de suas obras em seu site, com pequenas explicações para quem quiser copiar idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - Aqui, "O Grito", de Munch. Ida também leva sua arte ao Instagram. Até hoje, ela completou 15 "obras de arte em torradas", três das quais com obras de Munch, em celebração por seu 150º aniversário idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - Esta torrada foi inspirada "nas lindas vitórias-régias do pintor francês Claude Monet". O verde foi feito com pistache e as flores, com fatias de maçã. A vitória-régia é de kiwi idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - "Não é tão fácil quanto parece", afirma Ida em seu blog, referindo-se à reprodução do quadro de Jackson Pollock (acima). "Sinto que não cheguei nem perto da intensidade, da complexidade e da emoção que vejo radiar dessa pintura" idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - Essa reprodução de Salvador Dalí traz os icônicos relógios derretendo. "Fiz versões 'antes e depois' da torrada, esquentando-a para fazer o queijo derreter de verdade" idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - Este girassol inspirado em Van Gogh foi feito com damasco e uvas passas, com um vaso de figo sob um fundo de iogurte idafrosk.com/BBC

Mais
8.abr.2013 - Claro que nenhuma série artística seria completa sem Picasso. Confira mais "arte na torrada" no site www.idafrosk.com idafrosk.com/BBC

Mais
O site "Huffington Post" fez o equivalente artístico do arroz carreteiro: juntou vários exemplos de comida reinventada como arte. As obras de vários artistas recriam personalidades da cultura e música pop e da política Reprodução/Huffinton Post

Mais
O site "Huffington Post" fez o equivalente artístico do arroz carreteiro: juntou vários exemplos de comida reinventada como arte. As obras de vários artistas recriam personalidades da cultura e música pop e da política Reprodução/Huffinton Post

Mais
O site "Huffington Post" fez o equivalente artístico do arroz carreteiro: juntou vários exemplos de comida reinventada como arte. As obras de vários artistas recriam personalidades da cultura e música pop e da política Reprodução/Huffinton Post

Mais
O site "Huffington Post" fez o equivalente artístico do arroz carreteiro: juntou vários exemplos de comida reinventada como arte. As obras de vários artistas recriam personalidades da cultura e música pop e da política Reprodução/Huffinton Post

Mais
O site "Huffington Post" fez o equivalente artístico do arroz carreteiro: juntou vários exemplos de comida reinventada como arte. As obras de vários artistas recriam personalidades da cultura e música pop e da política Reprodução/Huffinton Post

Mais
O site "Huffington Post" fez o equivalente artístico do arroz carreteiro: juntou vários exemplos de comida reinventada como arte. As obras de vários artistas recriam personalidades da cultura e música pop e da política Reprodução/Huffinton Post

Mais
O site "Huffington Post" fez o equivalente artístico do arroz carreteiro: juntou vários exemplos de comida reinventada como arte. As obras de vários artistas recriam personalidades da cultura e música pop e da política Reprodução/Huffinton Post

Mais
19.mar.2013 - Você já viu um ataque de lula gigante com uma lula pequena? A artista malasiana Hong Yi, ou simplesmente Red, usou uma lula e a tinta que ela solta para encenar o ataque de uma lula gigante neste prato. A obra faz parte do projeto "31 Dias de Criatividade com Comida" Hong Yi/Ohiseered.com/Divulgação

Mais
19.mar.2013 - O que são um monte de tomates cerejas, alga e molho shoyu em um prato? Uma salada? ERRADO! É um casal apaixonado e um ramo de balões vermelhos... ai ai Hong Yi/Ohiseered.com/Divulgação

Mais
19.mar.2013 - De volta às origens, a famosa lata do molho de tomate Camobell's foi reproduzida com ketchup (!), maionese, mostarda e molho de ostra. Parece até um hot-dog! Hong Yi/Ohiseered.com/Divulgação

Mais
19.mar.2013 - "Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha", devem estar se perguntando... Hong Yi/Ohiseered.com/Divulgação

Mais
19.mar.2013 - Qual seria "O Grito" dessa obra: "Tá na mesa, pessoal!" ou "O arroz tá de outra cor!"? Hong Yi/Ohiseered.com/Divulgação

Mais
19.mar.2013 - Será que são umas formiguinhas levando a melancia ou o mar levando um barquinho... hum... Hong Yi/Ohiseered.com/Divulgação

Mais
19.mar.2013 - Essa deve ter dado trabalho! Cortar alga não deve ser tão fácil quanto jogar o lixo embaixo do tapete Hong Yi/Ohiseered.com/Divulgação

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr/Arte UOL

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
Pai faz um desenho diferente por dia no lanche dos filhos desde 2008 Reprodução/Flickr.com/photos/dlaferriere

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do artista americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
6.fev.2013 - Cerealism, parte de trabalho do fotógrafo americano Ernie Button, que usa cereais para recriar lugares e objetos Reprodução/ErnieButton.com

Mais
Bolo das fases da gestação humana facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake de carne humana com vermes facebook.com/MissCakehead

Mais
Bolo de pulmão. Será que o recheio é doce de leite? facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake de hemácias (células do sangue) facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake de nariz nojento facebook.com/MissCakehead

Mais
Biscoitos de ossos facebook.com/MissCakehead

Mais
Balas perigosas para a saúde facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake de olho contaminado com conjuntivite facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake sanguinário facebook.com/MissCakehead

Mais
Cigarro de bala de goma facebook.com/MissCakehead

Mais
Amostra de sangue em compota... ou será geleia de morango? facebook.com/MissCakehead

Mais
Kit de remédios mortais... mas doces! facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake de seios abertos facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake de pele apodrecida com vermes facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake de coração facebook.com/MissCakehead

Mais
Balas ou remédios? facebook.com/MissCakehead

Mais
Seringa de brigadeiro facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcake de pele apodrecida com vermes facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcakes de pele ferida com pus facebook.com/MissCakehead

Mais
Cupcakes de brotoejas facebook.com/MissCakehead

Mais
Modelos comem bolo de... carne humana! facebook.com/MissCakehead

Mais
Modelo mostra algumas das criações medonhas de Miss Cakehead. A confeiteira inglesa gosta de fazer doces com decoração inspirada em doenças, feridas e órgãos humanos. São de assustar! Mas devem ser uma delícia facebook.com/MissCakehead

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Para conseguir os 'personagens' de suas imagens, Vanessa percorre principalmente o setor de frutas e verduras dos supermercados que ficam abertos 24 horas. Acima, o 'Pepperpion', com pimenta chili, dedo-de-moça e malagueta BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. A fotógrafa afirma que o 'Brincando com a Comida' nasceu como um tributo à comida, fotografia e ao humor. Acima, o 'Batatosaurus Dulcis', com batata-doce e aipo, para a árvore BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Acima, a 'Libérvilha', a libélula com ervilhas' BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Acima, a foto 'Berinjorca', com uma berinjela japonesa BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Um dos personagens da série, Eggberto, ganhou seu próprio projeto. De acordo com a fotógrafa, ele é um 'herói. Um anti-herói. Rico em colesterol e ideias'. Acima, a foto 'Apenas o Amor Cura' BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Em suas pesquisas em supermercados, Vanessa tenta de 'resgatar alguma fruta ou vegetal que, na verdade, 'nasceu' para ser alguma outra coisa'. Acima: 'Baiakino', com a fruta kino BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Para alguns personagens, a fotógrafa cria mistura mais elaboradas. Acima, o 'Hippotatomus', criado com batata rosada, uma mistura de café e água para a lama e várias verduras para a vegetação BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Vanessa afirma que não desperdiça alimentos, e que 'cerca de 70% de tudo que é fotografado acaba sendo consumido' por ela.Acima, o 'Sirilho', com alho e farinha de mandioquinha para a areia BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Acima, a foto 'Amor Proibido', com uma pitaia e um abacaxi BBC Brasil

Mais
Em 2009, a fotógrafa Vanessa Dualib iniciou o projeto 'Brincando com a Comida', uma série de fotos divertidas em que alimentos se transformam em personagens. Muitas das imagens transformam, em tom bem humorado, alimentos em animais, personagens de cinema e de games. Acima, a 'Cenoura Bond', com cenourinhas, folha de papel manteiga para a camisa e nori para o terno, gravata e botões BBC Brasil

Mais

A gente não quer só comida: artistas transformam guloseimas

Últimos álbuns de Tabloide