UOL Tabloide Tabloide
 
19/01/2010 - 16h49

Editor do UOL Tabloide critica a dieta, este inimigo invencível

Do Editor do UOL Tabloide Em São Paulo
  • Quem comer tudo ganha... calorias!

    Quem comer tudo ganha... calorias!

Chega janeiro e todo mundo faz promessa de Ano Novo. Entre as promessas, a de fazer dieta.

(Aliás, que promessa de Ano Novo você fez e tem certeza de que não vai cumprir?)

Cansado de passar por essa rotina de planejar e ouvir que os carboidratos não terão vez por 12 meses, o Editor do UOL Tabloide vai dizer umas verdades, torcendo para que ninguém as siga (porque, afinal de contas, elas contrariam tudo o que os médicos nos dizem para fazer):



  • Ormuzd Alves/Folha Imagem - 25.set.2000

    Quando o Editor do UOL Tabloide fala em um prato de comida, é nisso que ele está pensando

A dieta é o Afeganistão da vida: não adianta entrar, agir e cair fora, porque ela é para sempre.

A dieta é o Iraque nosso de cada dia: a cada esquina, há uma ameaça escondida, porque a comida é antes de tudo uma guerrilheira, que ataca os projetos de Ano Novo com bombas (de chocolate) e balas (de café).

Não adianta vencer neste ano e entregar o território para o inimigo no ano que vem. Agora, se você não entregar no ano que vem, não acha que resolveu tudo, porque um outro ano vem aí.



Se fazer uma dieta é como uma "ação de guerra", que tal batizá-la com a criatividade da Polícia Federal para suas operações especiais?

Operação Sorvete Derretido
Operação Bomba de Chocolate Caseira
Operação Traz meu Café com Sweet, eu Tomo
Operação Coxinha Villeroy
Operação Cartel Sucro-Alcooleiro
Operação Pão de Queijo com Açúcar
Operação Rosquinha de Caramelo
Operação Hashis Cruzados
Operação Água com Açúcar

Vamos e venhamos: ninguém vai vencer a guerra da dieta. Então, por que entrar numa batalha que você sabe que vai perder? Porque não adotar o surrado lema: se não pode vencê-lo, junte-se a ele, e sentir o doce gostinho da paz interior?

Se a geopolítica da fome explica a derrota inclemente e anual da dieta, ela também explica por que o fronteiriço programa de exercícios das resoluções de Ano Novo nunca avançam no decorrer dos meses.

Porque esta também é uma luta sem fim:

1. De que adianta correr, se o sedentarismo sempre te alcançará?

2. Para que nadar, se é mais gostoso fazer nada?

3. Quem foi que disse que as caminhadas são uma boa trilha para a boa forma?

O Editor do UOL Tabloide acha também que, desde a invenção do computador, escrever tornou-se uma servidão voluntária. Porque o programa, automaticamente, fornece uma página em branco sempre que você chega ao fim. Sem derrubar uma única árvore.

E você vai, escreve mais uma página - e quando acha que o serviço está acabando, pumba: a maldita máquina fornece mais um folha, e mais uma, e mais uma.



Outra derrota no jogo da vida.

Diante deste quadro, só há uma saída, a rede. Dá licença que o Editor do UOL Tabloide vai largar tudo e exercer a mais difícil tarefa da humanindade nos dias de hoje: DESCANSAR, porque o ano está só começando.

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host