UOL Tabloide Tabloide
 

24/03/2004 - 16h56

Exclusivo: Pedro, o Escamoso, abre o jogo para o UOL Tablóide

Divulgação

Nós vivemos em um continente de escamosos!

Nós vivemos em um continente de escamosos!

Nem só de entrevistas com a Miss Brasil vive o Editor do UOL Tablóide. Por isso, depois de Gislaine, a bela, chegou a vez de conversar com Pedro, o escamoso.

"Pedro, o Escamoso" sucedeu "Betty, a Feia" com a responsabilidade de manter os níveis de audiência nas noites da Rede TV. A missão vem sendo cumprida com louvor. Milhares acompanham diariamente o personagem de roupas coloridas e cabelo fora de moda. Qual o segredo de tanto sucesso? Para Miguel Varoni, que interpreta o inusitado personagem, o motivo é um só: a América Latina é uma terra de escamosos.

Como assim? Terra de escamosos? Para tirar satisfações e não deixar isso barato, o editor do UOL Tablóide, em um esforço de reportagem, conversou por telefone com Varoni, escamoso assumido, direto de Bogotá, na Colômbia.

Editor do UOL Tablóide, o curioso: A novela rodou toda a América Latina até chegar ao Brasil. Qual a explicação para o sucesso?

Miguel Varoni:
A explicação para a popularidade é simples. Vivemos em um continente de escamosos. Há escamosos por toda parte, e eles são os responsáveis por essa grande audiência.

Editor do UOL Tablóide, o surpreso: Mas Miguel, estamos falando de milhões de pessoas!

Miguel Varoni:
Sim, e eu estou falando em milhões de escamosos.

Editor do UOL Tablóide, o confuso: Antes de iniciar um incidente diplomático, você não prefere explicar melhor o que diabos é essa história de escamoso?

Miguel Varoni:
Muitas pessoas relacionam a palavra "escamoso" com algo feio ou nojento. Os peixes tem escamas e são seres encantadores. A idéia das escamas está ligada como proteção. O escamoso típico é escorregadio, malandro, dá jeitinho para tudo. O Pedro é o cara que se considera o melhor jogador, o maior galanteador, o mais esperto, quando na verdade ele não é nada disso. Mas ele não é assim por maldade, é apenas uma forma de se proteger.

Editor do UOL Tablóide, o indiscreto: Você se considera um homem bonito?

Miguel Varoni:
Talvez as pessoas de outros países não notem, mas o Pedro é um personagem típico do interior da Colômbia, um galã do campo, com muito apelo popular. Acho que isso ajudou a divulgar a imagem dele. Porque as mulheres só vêem na televisão homens como o James Bond, mas eles não existem no mundo real. Pedro é o galã de verdade, um cara que você encontra na esquina de casa.

Editor do UOL Tablóide, o sincero: Mesmo assim, Pedro não é exatamente um protótipo de beleza.

Miguel Varoni:
Mas beleza não é tudo.

Editor do UOL Tablóide, o engraçadinho: Você tem algum parente trabalhando em Kubanakan?

Miguel Varoni:
Não conheço essa novela, mas admiramos muito as produções brasileiras por aqui. Elas são exemplo de qualidade em todo o mundo.

Editor do UOL Tablóide, o óbvio: E o que você espera de sua visita ao Brasil?

Miguel Varoni:
Estou muito orgulhoso de poder conhecer seu país. Minha mulher e eu estamos pensando até em fazer algumas aulas de português.

Editor do UOL Tablóide, o noveleiro: Pedro, o escamoso, namoraria com Betty, a feia?

Miguel Varoni:
Acho que os dois fariam um casal muito interessante (risos).

Se você ficou curioso e quer conferir o charme de Varoni na telinha, assista "Pedro, o Escamoso", na Rede TV, às 20h30.

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host