UOL Tabloide Tabloide
 
23/05/2008 - 10h55

"Acho que é estupidez medir inteligência", diz cantora do hit "meus seios são bons"

Pedro Cirne
Da Redação
  • Acho que é estupidez<br>medir inteligência

    "Acho que é estupidez
    medir inteligência"

Em 2007, a norueguesa Lene Alexandra deu um passo adiante em sua carreira de modelo: virou cantora. Gravou seu primeiro álbum, "Welcome to Sillycone Valley" ("bem vindo ao vale do silicone", trocadilho em inglês com o Silicon Valley, "vale do silício", região que fica no norte da Califórnia, e com "silly" [bobo, tolo]). Seu primeiro hit? "My Boobs Are OK" (que pode ser traduzido como "meus seios estão bem", "meus seios são bons" ou "meus seios vão bem"), canção com inspiração autobiográfica, como ela conta nesta entrevista ao UOL Tablóide.

"Acho que é estupidez medir inteligência", diz a cantora, que ressalta que o tamanho dos seus seios - ou do seu QI - não importam. Bem-humorada, Lene Alexandra falou de cirurgias plátiscas, auto-estima, inveja, mensagens escondidas e beleza. Elogiou o Editor do UOL Tablóide (primeira pessoa a fazer isso - elogio de mãe não conta!) e cravou: "Se não fosse pela tecnologia, eu jamais seria quem eu sou hoje!"

Uma opção para conhecê-la melhor é em seu site oficial, www.lenealexandra.com. Antes de ler a entrevista, assista ao clipe de "My Boobs Are OK":



Editor do UOL Tablóide - Seu primeiro single, "My Boobs Are OK", figurou na lista dos 10 mais da Noruega e da Finlândia. É uma música diferente: fala sobre seios! De onde veio essa idéia?
Lene Alexandra
- Era verão e eu estava jogando "Lingerie Soccer"* (futebol em que as moças jogam... bem, jogam de lingerie) com minha amiga e uma das garotas chutou uma bola com muita força contra meus peitos. Doeu muito e eu achei que fosse explodir! Alguns dias depois eu fui ao escritório de uma gravadora de discos e um cara lá me perguntou "como você está?". Eu respondi, brincando, "meus seios estão bem" ("my boobs are OK") e eles acharam que era uma ótima idéia para uma música. Eu achei que eles estavam brincando, mas não estavam. Era a minha chance de fazer música e então eu passei a co-escrever com outros caras e consegui contrato com uma gravadora.

(Parênteses: ainda pouco conhecido no Brasil, o Lingerie Soccer é um dos esportes que o Editor do UOL Tablóide gostaria de ver transformado em esporte olímpico já em Pequim-2008, assim como o Boxe-Xadrez; o Campeonato de Barbas e Bigodes; a Corrida de Renas (repare no uniforme obritagório dos atletas); a Corrida de Noivas (repare no uniforme obritagório dos atletas parte 2 - a missão); o Concurso Internacional de Guitarra no Ar; o Lingerie Bowl; e o Stop das Misses. Questão de prioridade, gente. Não vamos deixar para daqui a quatro ano um esporte que pode virar olímpico agora!)

Divulgação
A bela norueguesa Lene Alexandra
Editor do UOL Tablóide - Ainda não fui a um show seu, mas imagino que quando você canta "My Boobs Are OK", todo mundo olhe para... Bom, para seus seios. Você não fica envergonhada?
Lene Alexandra
- Claro que olham para meus seios. É impossível não os ver! (risos) Por que eu ficaria envergonhada? Não fiz nada errado! Eu só quero entreter e fazer as pessoas felizes!

Editor do UOL Tablóide - Seu primeiro single é "My Boobs Are OK" e seu primeiro álbum se chama "Welcome to Sillycone Valley" ("bem vindo ao vale do silicone", trocadilho em inglês com o Silicon Valley, "vale do silício", região que fica no norte da Califórnia). Como você define o tema de suas músicas?
Lene Alexandra
- Há muito humor em minhas músicas. Ironia e letras divertidas. Gosto de rir de mim mesma e de fazer com que as outras pessoas riam. "My Boobs Are OK" tem uma mensagem escondida de que você deve se orgulhar de si mesma não importa que tipo de seios tenha.
E "Welcome to Sillycone Valley" significa bem vindo ao meu vale estúpido e ao mundo da tecnologia. Se não fosse pela tecnologia, eu jamais seria quem eu sou hoje! (risos) Todas as letras se encaixam no esteriótipo "louraburra" que é parte de mim...
Todas as garotas têm lados diferentes delas mesmas e eu gosto de brincar com o meu lado "louraburra"... Seria legal interpretar uma "louraburra" em um filme norte-americano no futuro!

Editor do UOL Tablóide - As garotas têm inveja dos seus seios?
Lene Alexandra
- Sim e não. Algumas gostam de seios grandes, outras preferem pequenos e fofinhos. Eu gosto tanto de seios grandes quanto de seios pequenos. Quando o assunto são meus seios, eu tenho uma relação de amor e ódio com eles. Eu tentei usar a vantagem do tamanho que eles têm agora e funcionou, mas alguns dias eu gostaria que eles fossem pequenos e inocentes. Você sabe como as garotas são! (risos)

Editor do UOL Tablóide - O que você acha das cirurgias para aumentar seios?
Lene Alexandra
- Acho que muitas garotas aumentam seus seios porque elas se sentem inseguras delas mesmas e é por isso que acho que não deveria ser permitido antes dos 25 anos, por exemplo. Passei pela minha primeira cirurgia aos 19 anos e não estava tão confiante então. Agora que eu tenho 26 anos eu me sinto mais confortável sobre mim mesma e acho que se eu tivesse esperado eu não teria sentido necessidade de aumentar meus seios. Antes eu tinha uma visão diferente sobre beleza e sexualidade, agora eu realmente sinto que a beleza vem de dentro e que as garotas que são confiantes em si mesmas são sexies. E quando você se sente confiante e sexy, o tamanho dos seus seios não importa.

Editor do UOL Tablóide - Se você não fosse tão bonita e ligasse a TV e lá aparecesse uma garota maravilhosa cantando "meu seios são ótimos", como você se sentiria?
Lene Alexandra
- Antes de tudo, obrigada pelo elogio! Eu sorriria, pois ela estaria cantando minha música e eu iria admirar a beleza dela. E já que a canção tem uma mensagem escondida de que você deve ser feliz consigo mesma não importando o tipo dos seus seios, todo mundo pode cantá-la. É sobre estar orgulhosa de si mesma!

Editor do UOL Tablóide - Você é uma moça e seu primeiro sucesso é "My Boobs Are OK". Se você fosse um rapaz, qual será que seria seu primeiro sucesso?
Lene Alexandra
- Não tenho a menor idéia. Sou muito feliz por não ser um rapaz! (risos) Acho que eu seria gay, porque eu adoro fazer coisas de meninas como ir ao spa ou ao cabelereiro, fazer compras etc.

Divulgação
Capa do álbum em que Lene Alexandra conta que seus seios vão bem, obrigada por perguntar
Editor do UOL Tablóide - Você é muito bonita. Você se considera uma sex symbol?
Lene Alexandra
- Obrigada pelo elogio, de novo! Fiquei vermelha... Não me vejo assim, mas minha gravadora já me disse que uma das razões que eu consegui contrato foi por causa do meu visual. Então acho que sou OK! Normalmente, eu me sinto como uma garota comum, mas quando eu me emboneco para uma sessão de fotos, por exemplo, eu me sinto ótima. Agradeço a Deus pelos grandes estilistas e pelo Photoshop! (risos)

Editor do UOL Tablóide - Que conselhos você daria a uma garota que quer ficar tão bonita quanto você?
Lene Alexandra
- Uau... Obrigada, de novo! Muito doce da sua parte... Se você está insegura sobre seu visual, você deve dizer a si mesma, toda manhã, que você é bonita. Eu amo a música "Beautiful", de Cristina Aguilera. Preste atenção nas letras. (Ouça a música aqui na Rádio UOL, com direito a letra original e traduzida.) Leia livros sobre como você pode aumentar sua auto-estima. Está tudo na sua cabeça. Pessoas confiantes reluzem e não importa o tamanho dos seus seios ou o quanto você é magrinha.

Editor do UOL Tablóide - Que conselhos você daria a uma garota que quer ser tão inteligente quanto você? Sei que você canta "I'm such a stupid girl / I keep my religion in a Gucci purse" ("sou tão estúpida, guardo minha religião em uma bolsa Gucci") e "I ain't got a brain / So I never went to college" ("não tenho cérebro, então nunca fui pra faculdade"), mas duvido que seja verdade!
Lene Alexandra
- (risos) Você é divertido! Acho que é estupidez medir inteligência. Se você é feliz e trabalha duro para alcançar seus objetivos, acho que é esperto o suficiente. Nunca desista dos seus objetivos. E, claro, não dói ler um livro ou ser curioso e perguntar coisas para as pessoas. Não é necessário ser a pessoa mais esperta da Terra para ter uma vida feliz.
Minha mãe sempre me disse: "Se você está curiosa sobre alguma coisa, apenas pergunte. Senão, você nunca vai chegar a lugar algum". Eu tenho a melhor mãe de todas!

Editor do UOL Tablóide - O que você sabe sobre o Brasil?
Lene Alexandra
- Já estive aí algumas vezes. Muitas bundas bonitas. (risos) Eu fui ao Pão de Açúcar, ao Cristo Redentor e às praias de Copacabana e Ipanema. Também visitei Natal e o o maior cajueiro do mundo. Seria legal acompanhar o Carnaval! Eu sei que há escolas de samba e que os brasileiros levam o Carnaval a sério. Também ouvi dizer que há muitas cirurgias plásticas no Brasil, mas não sei se é verdade... Vi muitas pessoas de todas as idades correndo pela manhã, então eu acho que vocês no Brasil também gostam de tomar conta de si mesmos!

Editor do UOL Tablóide - E sobre música brasileira?
Lene Alexandra
- Não sei exatamente que tipo de música vocês ouvem aí, mas espero que gostem da minha música!

Editor do UOL Tablóide - E sobre os rapazes e moças brasileiros?
Lene Alexandra
- Adoro a cor escura da pele e as bundas sexies. Namorei um brasileiro que morou na Noruega. Muito bonito.

O Editor do UOL Tablóide nunca esteve na Noruega, internauta. Então, nada de conclusões precipitadas!

ps - Comente a entrevista com a Miss Brasil 2008 no Tablog, o Blog do Editor do UOL Tablóide e veja mais entrevistas do UOL Tablóide aqui! A cantora do hit "meus seios são bons"

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h59

    0,27
    3,153
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h07

    0,77
    65.511,57
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host