UOL Tabloide Tabloide
 
05/12/2008 - 07h15

Prefiro renas a dragões, revela Papai Noel ao UOL Tablóide

Pedro Cirne Do UOL Tablóide Em São Paulo
  • O homem, o mito, o Bom Velhinho: Papai Noel

    O homem, o mito, o Bom Velhinho: Papai Noel

Quando a carta enviada pelo Papai Noel ao Editor do UOL Tablóide chegou à redação, uma pequena muvuca se formou ao redor do envelope.

- Como assim, o Papai Noel?

- Foi ele mesmo?

- Vai dizer que é para você que o Papai Noel escreve pedindo os presentes que ele quer ganhar de Natal?


Pois é. A idéia de entrevistar o Papai Noel não é deste ano. Há muito tempo o Editor do UOL Tablóide labuta para tentar trocar algumas palavras com o Bom Velhinho, esse mítico cidadão que nos remete inevitavelmente ao tenro período da nossa infância.

O fato é que: como fazer para entrar em contato com o cidadão? Carta? E-mail? Outros meios? O Editor do UOL Tablóide, ano após ano, esmerou-se em tentar um contato imediato - se fosse de primeiro grau, melhor ainda.

O ideal seria ir para a Lapônia, ou Círculo Ártico, ou onde quer que o Papai Noel mantenha seu escritório, e que os dois, Papai Noel e Editor do UOL Tablóide, travassem um embate de perguntas e respostas ali, olho-no-olho. Seriam feitas perguntas importantes (o sr. possui um método estatístico pré-determinado e à prova de subjetividades para distinguir quem se comportou bem de quem se comportou mal?) e muito importantes (por que eu nunca ganhei um autorama de Natal?).

Todo detalhe seria observado: se há uma aliança sob a luva, que comprovasse a existência da Mamãe Noela; se ele ficaria nervoso ao comentar o que as entidades de defesa dos animais acham da maneira como ele trata Rodolfo (a rena do nariz vermelho) e suas 11 colegas; etc. Etc. Et cetera.

Mas não seria possível. Então, o jeito seria tentar uma entrevista por e-mail ou por carta. Eram duas dúvidas básicas: que perguntas fazer e para onde as enviar?

As perguntas
  • Flávio Florido/UOL

    Uma carta enviada ao Papai Noel

Após uma longa e emocionante reunião de pauta, chegou-se à conclusão de que nosso questionário deveria ser curto. Afinal, se o Papai Noel ficasse muito tempo respondendo a perguntas, poderia se atrasar, o que significaria que uma criança deixaria de ganhar presente no Natal por causa do UOL Tablóide. Inadmissível.

Outra conclusão: deveriam ser perguntas importantíssimas. Coisas que mudassem o destino de uma nação, resolvessem a crise financeira internacional ou, pelo menos, umas risadas.

E, assim, cinco questões foram selecionadas:

1 - Querido Papai Noel: nunca ganhei uma bicicleta no Natal quando eu era criança. Por quê? Fui um mau menino?

2 - Querido Papai Noel: nunca ganhei uma bicicleta no Natal nem depois de crescer e virar adulto. Por quê? Sou um mau rapaz?

3 - Por que o senhor utiliza renas voadoras para puxar o seu trenó? Dragões, que voam naturalmente e são maiores do que renas, não seriam mais eficazes?

4 - O senhor e o Coelhinho da Páscoa são bons amigos ou é verdade que existiria uma rivalidade entre vocês?

5 - Quantos papais-noéis existem, de fato, pelo mundo?

Para onde enviar
Esse era outro problema. Alguém por aí tem o endereço ou o telefone do Bom Velhinho?

Após extensa e minunciosa pesquisa, o UOL Tablóide conseguiu o endereço de quatro possíveis escritórios do Papai Noel.

Qual seria o verdadeiro? Todos eles? Nenhum? Seriam três deles falsos e somente um verdadeiro? Ou uma corporação multinacional que opera, supostamente, em todos os países do mundo, como a do Papai Noel, teria vários escritórios espalhados por aí?

Na dúvida, o Editor do UOL Tablóide escreveu para os quatro. Se você, internauta, também quiser, aí vão os endereços:

PARA ONDE ENVIAR A CARTA AO PAPAI NOEL

Santa Claus' Main Post Office Santa Claus Santa Claus Weihnachtsmann
Santa's Workshop Village Arctic Circle North Pole Weihnachtspostfiliale
96930 96930 Rovaniemi H0H0H0 16798 Himmelpfort
Arctic Circle Finland Canada Germany

Alguns dias depois, não é que a resposta chegou?

A resposta

A RESPOSTA...

  • Flávio Florido/UOL
  • Flávio Florido/UOL
  • Flávio Florido/UOL

    Com sua delicadeza de um ogro, o Editor do UOL Tablóide abre
    a carta enviada pelo Papai Noel

A chegada da carta à redação em que o Editor do UOL Tablóide trabalha provocou uma certa comoção. O ato de abrir o envelope, com a delicadeza de um ogro que lhe é particular, foi, inclusive, devidamente documentada em fotos.

Uma vez aberta, lá estava: uma carta-padrão de resposta. O esforço do Editor do UOL Tablóide - aquele que, como bom brasileiro, não desiste nunca! - teria sido em vão?

Aparantemente, sim... Mas, espere! No final da carta há algumas frases, rabiscadas à mão! Sim, é uma resposta! O Papai Noel não deixou o Editor do UOL Tablóide na mão!

Era apenas uma resposta, internauta. E aí vai ela, reproduzida em forma de pergunta e resposta, para facilitar:

Editor do UOL Tablóide - Por que o senhor utiliza renas voadoras para puxar o seu trenó? Dragões, que voam naturalmente e são maiores do que renas, não seriam mais eficazes?

Papai Noel
- Eu prefiro renas a dragões... Eu não conheço dragão algum, e eu me dou muito bem com as renas! Ho ho ho!

Era apenas uma resposta, internauta. E neste Natal, à meia-noite do dia 24, o Editor do UOL Tablóide estará olhando para o céu e sorrindo com o canto da boca. Obrigado pela atenção, Bom Velhinho! Ho ho ho!

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host