Itamar llibera carinho entre gays nas empresas mineiras

Da Redação
Em São Paulo

Tá liberado: o governador de Minas Gerais, Itamar Franco, sancionou uma lei que prevê multa de até R$ 50 mil para as empresas que discriminarem gays e proibirem que eles manifestem seu carinho uns pelos outros non escritório.

A comunidade gay mineira comemorou, acreditando que a lei vai ajudar a combater a discriminação naquele Estado, famoso pelo seu conservadorismo. Em alguns restaurantes mineiros, é comum os garçons darem bronca em casais de homossexuais que exageram na troca de carinhos.

O Projeto de Lei é de autoria do deputado João Batista de Oliveira, segundo a Revista Consultor Jurídico. De acordo com a Lei nº 14170, os gays não devem ser discriminados na hora de comprar ou alugar imóvel. Vale também para o que rola no local de trabalho.

A empresa que pisar na bola pode ser advertida ou terá de morrer em até R$ 50 mil. Algumas cidades brasileiras como Juiz de Fora, Alfenas, Timóteo e São Paulo já tinham leis semelhantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos