Maconha diminui dor de doentes de câncer

Da Redação
Em São Paulo

Os pacientes britânicos com câncer em estado terminal vão servir de cobaia para um remédio feito à base de maconha.

Eles irão colocar embaixo da língua um spray feito à base da erva maldita, fabricado pela companhia britânica GW Pharma, autorizada pelo governo a produzir o medicamento.

O remédio não cura o câncer, mas alivia a dor do paciente. Já foi testado em gente que sofria de esclerose múltipla e lesão na medula espinhal.

O uso da maconha é ilegal no Reino Unido, mas muita gente vem pedindo que ela seja liberada para ajudar em tratamentos médicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos