Taradão faz moça tirar a roupa no metrô lotado

Da Redação
Em São Paulo

Um homem armado obrigou uma mulher a tirar a roupa no metrô lotado e se masturbou na frente dela. Todo mundo viu, mas ninguém fez nada.

O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira, entre as estações Sé e Brás, em São Paulo. O taradão colocou o cano do revólver nas costas da moça, que não conseguiu se virar. Agarrado a ela, ele se masturbou.

O caso virou beó na Delegacia da Mulher, na Praça da Sé. O advogado Eli Alves da Silva, para quem a moça trampa, fez a queixa. "Foi uma atrocidade", disse.

A moça abusada tem 18 anos. Ela tentou fugir do taradão na estação D. Pedro 2º, mas o sujeito não deixou e até mordeu o braço dela.

Só uma mulher tentou ajudar a moça, dando seu número de telefone. Hoje, a vítima vai tentar identificar o monstro, que usava calça branca e blusa azul brilhante, pelas imagens das câmeras de segurança do metro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos