Ex-padre é condenado por segurar nádega de criança

Da Redação
Em São Paulo

Um ex-padre católico foi condenado nesta sexta-feira por ter abusado sexualmente de uma criança em uma piscina, em 1991, no Estado norte-americano de Massachusetts.

John Geoghan, de 66 anos, também tem acusações de ter molestado mais de cem moleques durante seus 30 anos de sacerdócio. Ele não piscou um olho quando o júri emitiu o veredito.

A juíza não marcou ainda a data para definir a sentença, pois Geoghan ainda espera para ser julgado por duas queixas criminais e 85 processos civis.

A vítima tinha dez anos na época do crime. O agora rapaz disse que o padre John passou a mão em sua perna até as nádegas dentro da piscina. O advogado de defesa disse que o sacerdote só estava dando um empurrãozinho para que o moleque saísse da água...

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos