Justiça tenta acordo milionário entre Stevie Wonder e ex-namorada

Da Redação
Em São Paulo

Uma juíza está tentando um acordo entre o cantor Stevie Wonder e sua ex-namorada Angela McAfee, em uma pendenga no valor de US$ 30 milhões. A intenção é evitar que o processo entre na fase de julgamento.

A juíza Emilie Elias, de Los Angeles, mandou que o casal tentasse se entender antes de voltar ao tribunal, em 25 de abril.

Angela entrou com processo contra Wonder em outubro exigindo US$ 30 milhões. O argumento: ele quebrou a promessa de mantê-la por toda a vida e ainda a contagiou com herpes genital. A advogada do cantor disse que ele nunca teve tal doença.

McAfee afirma que Wonder, 51, a paquerou durante mais de dez anos até conseguir convencê-la, em agosto de 1996, a largar o trabalho para morar com ele em Los Angeles.

Segundo a moça, os dois teriam feito um acordo verbal: ele iria trabalhar, e ela iria ficar cuidando da casa. O casal viveu assim até fevereiro de 2001, quando Stevie teria rompido com o contrato, segundo McAfee.

Apesar de Wonder ter prometido continuar sustentando McAfee mesmo depois de um eventual fim do relacionamento, ele saiu de casa no início do ano e deixou de pagar aluguel em junho. O advogado de Wonder disse que não existe acordo nenhum.

Wonder também está acusando a moça de ter surrupiado objetos no valor de US$ 160 mil da casa em que eles moravam.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos