Beijoqueiro canadense será julgado por crimes sexuais

Da Redação
Em São Paulo

Um canadense de 56 anos, acusado de abraçar e beijar na boca várias pessoas que encontrava na rua, foi preso e deve enfrentar acusações de crimes sexuais, segundo a polícia local.

Bem-vestido, o beijoqueiro, que cometeu a maior parte de seus delitos no ano passado, puxava conversa com as pessoas na rua, estendia a mão e, para surpresa das vítimas, beijava seus lábios e as abraçava demoradamente. Seus alvos preferidos eram bonitonas e garotinhos.

"Vemos de tudo, mas esse comportamento é muito estranho", disse o sargento Dave Perry, responsável pelo caso. "Não sei por que ele fazia isso."

O "beijoqueiro maluco", como foi apelidado, foi preso depois quando uma de suas vítimas conseguiu chamar a polícia antes que ele pudesse fugir.

O suspeito compareceu ao tribunal para ouvir nove acusações de crimes sexuais. "Não tenho dúvidas de que teremos muitas, muitas outras acusações contra eles", disse Perry.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos