Chinês de Hong Kong vai preso por tráfico de Bíblias

Da Redação
Em São Paulo

A Justiça chinesa condenou na segunda-feira a dois anos de prisão um homem natural de Hong Kong que era acusado de levar Bíblias para um grupo cristão ilegal. A decisão deve colocar mais lenha na fogueira das relações chinesasŽcom os EUA, às vésperas de uma visita do presidente George W. Bush ao país.

Um amigo da família de Li Guangqiang disse que ele e outros dois homens da China Continental haviam sido condenados pelo tribunal de Fuqing (Província de Fujian, sul) por terem realizado "operações comerciais ilegais".

Li era acusado originalmente de crimes que poderiam levá-lo a ser condenado à morte, o que alimentou as preocupações da comunidade internacional a respeito da liberdade religiosa na China.

Mas a promotoria acabou reduzindo a gravidade da acusação, e a pena máxima de Li chegou a cinco anos. A medida foi interpretada como uma tentativa das autoridades chinesas de evitar problemas às vésperas da visita de Bush, no próximo mês.

"O senhor Li foi condenado a dois anos de prisão, e os outros dois réus, a três", disse um amigo da família que não quis ter sua identidade revelada. Ele soube do veredicto pelo relato de um membro da família que compareceu ao julgamento.

Os três réus também foram multados em US$ 18.100 cada um.

Li, 38, Yu Zhudi e Lin Xifu foram indiciados no começo de janeiro por "usarem um culto maligno para prejudicar uma sociedade baseada em leis". Os três foram pegos transportando 16 mil Bíblias para um grupo cristão proibido pelo governo em 1983.

Dias depois, um porta-voz de Bush afirmou que o presidente norte-americano tinha se interessado pelo caso de Li e que havia ligado para o governo chinês a fim de pressionar o país pelo respeito à liberdade religiosa.

O governo comunista respondeu que ninguém deveria interferir com a independência judicial da China. Li deve recorrer da sua condenação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos