Professor esquarteja aluna no Paraguai

Da Redação
Em São Paulo

Um professor universitário paraguaio foi preso sob a acusação de ter esquartejado ontem uma estudante de origem japonesa e distribuído partes do corpo da vítima por quatro bairros da capital Assunção, informou a polícia.

A estudante, de 24 anos, chamava-se Marta Raquel Orué Hirokawa, segundo a promotora María Ruiz Díaz, que tratou o caso como "homicídio com crueldade", uma vez que o tórax da vítima apareceu na jurisdição da 14ª Delegacia; a cabeça, na da 13ª; as pernas, na da 1ª; e os braços, na da 3ª.

O professor, Hugo Ramírez, dava aulas de Comércio Internacional na Universidade Autônoma de Assunção. Ele teve um lance com a vítima até um ano atrás. Ele foi detido horas depois do crime, quando voltava pra casa na companhia de outra jovem. Lá, foram encontradas manchas de sangue.

A Justiça estima que o crime tenha sido cometido por volta da meia-noite de sábado. Os avisos de aparecimento de partes do corpo da jovem foram registrados entre 4h e 7h de domingo. Segundo o policial, o esquartejamento foi feito com "conhecimento de técnica", caracterizando a crueldade do crime.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos